×
Home
FocoNews
Clássico Rei
Carro e Campo
Mosaico
Fatos e Notas
Especial Foco
Fotos
RN em Foco
Espaço GEEK
Edições
Anuncie aqui
Fale conosco









#RN em
Foco

Água de coco é fruto de pesquisa no RN para suplementação de atletasCientistas potiguares buscam produtos de alta tecnologia a um preço baixo para consumidores

A água de coco, produto bastante conhecido no Nordeste, está sendo fruto de um estudo de pesquisadores potiguares na área de suplementação para atletas. O projeto se divide na criação de um suplemento energético em gel e uma barra de proteína. Cada um desses suplementos foi estudado para uma modalidade esportiva específica e o principal objetivo é fazer produtos de alta tecnologia com um preço de custo baixo para os consumidores.

O trabalho conta com a participação de professores e alunos do Curso de Educação Física da Universidade Potiguar, integrante da rede Laureate, e é uma parceria dentro de uma pesquisa de doutorado realizada na UFRN por meio da Rede Nordeste de Biotecnologia (Renorbio).

O projeto desenvolvido pelo Prof. Thiago Renne Filipe é um gel, destinado para atletas de atividades aeróbicas de longa duração. Já no caso do Prof. Nailton Albuquerque Filho, a pesquisa consiste em uma barra de proteína para atletas de musculação. De acordo com o Prof. Nailton, a água de coco foi escolhida por ser rica em nutrientes e por possuir um maior tempo de conservação.

“Nós moramos na Cidade do Sol onde muitas pessoas tomam água de coco constantemente e pelo fato de ser uma fruta abundante em nosso estado. Escolhemos esse material para ser a base dos nossos produtos. Já foi provado que a água de coco é um repositor hidroeletrolítico muito eficaz e barato. Nós optamos por trabalhar com o produto desidratado, ou seja, em pó, e fazer os suplementos”.

O processo de pesquisa foi realizado de forma aguda, ou seja, a reação do metabolismo dos atletas não foi avaliada a longo prazo e, sim, em um espaço de tempo curto. O processo se deu por meio de análises sanguíneas. Na ocasião, marcadores sanguíneos apontam se o atleta está tendo uma melhor recuperação e se ele está respondendo a uma boa hipertrofia.

Atualmente, a busca por um estilo de vida mais saudável e por produtos de origem natural está em alta. “Nós acreditamos que com a chegada da mercadoria no mercado os consumidores poderão alcançar os objetivos desejados de uma forma mais rápida e sem agredir tanto o organismo e com um preço accessível para tosos os consumidores”, complementa o Prof. Thiago.

Através do Núcleo de Avaliação e Prescrição do Exercício (Napex), alunos do Curso de Educação Física da UnP contribuíram para o desenvolvimento do estudo. Por meio de estudos e pesquisas, foi possível o exercício de aplicar os conteúdos aprendidos em sala de aula e estimulá-los a ingressarem no mundo da pesquisa acadêmica.


(Foto: Divulgação)
RN avança no macrozoneamento da bacia do Piranhas-AçuNo estudo também serão definidas as principais atividades econômicas viáveis e será possível identificar as fragilidades ambientais

Mais um passo foi dado no processo de implementação do Macrozoneamento Econômico-Ecológico da Bacia Hidrográfica do Piranhas-Açu, capitaneado pelo Governo do Estado por meio do projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, em parceria com o Idema, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e Comitê da Bacia Hidrográfica Piancó Piranhas-Açu (CBH PPA). Nesta segunda-feira (12), uma equipe de 11 técnicos se reuniu no Centro Administrativo para apresentar o plano metodológico que será seguido e discutir parcerias para implantação do estudo.

Representantes do Governo Cidadão, Idema, Semarh e CBH PPA discutiram no encontro a articulação institucional necessária para implantar o macrozoneamento, que vai promover desenvolvimento econômico sustentável na região, a partir da compatibilização deste desenvolvimento com a conservação ambiental. O plano metodológico foi apresentado durante o encontro e o próximo passo é dar início às reuniões nos municípios que serão atingidos pelo estudo.

“Um dos principais desafios da aplicação de um zoneamento no Piranhas-Açú é a situação climática do semiárido. A questão hídrica da bacia é bem deficitária, porque é totalmente dependente de reservatórios e açudes. A escolha da bacia do Piranhas-Açú para realização do macrozoneamento foi em função da transposição do Rio São Francisco, que agora precisa chegar para população local com planejamento integrado para gerar desenvolvimento socioeconômico de forma sustentável”, destacou o secretário e coordenador do projeto Governo Cidadão, Vagner Araújo.

Participaram da reunião os representantes do CBH PPA Paulo Varella e Procópio Lucena. “O CBH PPA é um parceiro fundamental durante todo o processo de elaboração do Macrozoneamento, uma vez que o ponto de partida para esse zoneamento é o Plano de Recursos Hídricos Piancó-Piranhas-Açu, elaborado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e aprovado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Piranhas-Açu, referente à gestão da porção da bacia inserida no território do RN”, registrou a coordenadora do Núcleo de Gestão Ambiental do Governo Cidadão, Andréa Batista.

Os recursos aplicados no zoneamento somam aproximadamente R$ 3 milhões e são fruto do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial. Este mecanismo de gestão ambiental consiste na delimitação de zonas ambientais e atribuição de usos e atividades compatíveis segundo as características (potencialidades e restrições) de cada uma delas. O objetivo é o uso sustentável dos recursos naturais e o equilíbrio dos ecossistemas existentes de forma que o Estado possa desenvolver políticas socioeconômicas de forma articulada e integrada, com implantação de planos, obras e atividades públicas e privadas, com medidas e padrões de proteção ambiental destinados a assegurar a qualidade ambiental, garantia para o desenvolvimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida da população.

No estudo também serão definidas as principais atividades econômicas viáveis e será possível identificar as fragilidades ambientais, de forma que o possam ser implantadas ações respeitando o ambiente no qual se localizam. O estudo terá 14 meses para ser elaborado, abraçando os 47 municípios inseridos na bacia. A Companhia Brasileira de Projetos e Empreendimentos (Cobrape) foi contratada para desenvolver as atividades.

De acordo com Ana Maria Marcelino, assessora técnica do IDEMA, a região dessa bacia é uma das principais produtoras do RN, mas a exploração de seus recursos naturais foi feito ao longo de décadas sem o devido controle e sem levar em consideração a forma como afetaria o meio ambiente. “O zoneamento vai orientar o desenvolvimento, tentar recuperar aquilo que se perdeu, incentivar e orientar políticas públicas de várias áreas, não só econômicas, mas sociais também”, ressaltou.


(Foto: Divulgação)
Governo do RN reassume administração e autoriza restauração do Forte dos Reis MagosForte é a principal edificação cultural e histórica do Rio Grande do Norte e um marco do início da implantação da capital; construção está instalada no encontro do Rio Potengi com o Oceano Atlântico

A ordem de serviço para restauração do Forte dos Reis Magos em Natal foi assinada pelo governador Robinson Faria (PSD) nesta sexta-feira, 26. O Forte é a principal edificação cultural e histórica do Rio Grande do Norte e um marco do início da implantação da capital. A construção está instalada no encontro do Rio Potengi com o Oceano Atlântico, no limite entre as zonas leste e norte da cidade.

A restauração, com orçamento de R$ 3,9 milhões vai contemplar também a adequação às normas de acessibilidade, e tem prazo de conclusão para novembro de 2019.

“O Governo do Estado está reassumindo a gestão do Forte, que na gestão anterior foi passada para o Iphan. Além disso, vamos iniciar as obras de restauração, ações que significam um resgate histórico para nossa cidade, nosso Estado e para o Brasil”, afirmou o governador Robinson Faria.

O presidente da Fundação José Augusto (FJA), Amaury Silva Junior, destacou que a gestão do Forte pelo Governo do Estado e sua restauração “preserva e fortalece a nossa cultura e é mais um ponto positivo para o crescimento da atividade turística. O Forte é um patrimônio do Rio Grande do Norte, abriga o Marco de Touros e representa o início da nossa história”. Durante as obras as visitações continuarão acontecendo de terça a domingo, no horário das 8h às 16 horas.

O Forte foi construído em 1598 e tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1949.


(Foto: Dante Laurini Jr)
RN introduz a realidade virtual na captação de turistas para o destinoA prova disso foi o Hiper Feirão de Viagens Flytour, realizado em Campinas, interior de São Paulo

Não só material impresso e vídeos mostrando as belezas do RN têm sido suficientes para vender o destino aos turistas de outras regiões do País.

A prova disso foi o Hiper Feirão de Viagens Flytour, realizado em Campinas, interior de São Paulo, e encerrado na última segunda-feira, 17. Ali, a realidade virtual entrou em cena para aumentar o interesse das pessoas.

Um passeio tridimensional virtual pelas dunas de Genipabu por meio um óculos com tecnologia 3D, foi usado e o resultado foi um número recorde de pacotes vendidos para o destino.

Esse e outros atrativos, como mostras da culinária local, também foram usados para atrair o público ao estande do RN no evento itinerante dedicado a vender os melhores destinos, ofertar pacotes e promover as agências de viagem.

O estande de 21 m2 da comitiva potiguar foi possível graças a um empréstimo do Banco Mundial. O trade turístico local também esteve presente para reforçar a divulgação, além de gestores de municípios com potencial turístico.

“Levamos para a Flytour não só a beleza dos nossos destinos, mas também usamos a criatividade para atrair mais público e será assim na próxima feira da Abav, em São Paulo, no fim deste mês”, adiantou o secretário estadual de Turismo, Manuel Gaspar.

Além de mais de 250 marcas expositoras, o Feirão Flytour este ano atraiu milhares de pessoas (público final) em razão de suas atrações, que envolvem, além das promoções de pacotes turísticos, pocket shows, personagens internacionais, food trucks, espaço kids e outras atrações.


(Foto: Assessoria)
Sinfônica do RN traz solista italiano para projeto Quartas ClássicasCom 42 anos de existência, a OSRN leva mais de 60 profissionais ao palco

Na próxima quarta-feira, dia 29, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte realiza o V Concerto Oficial do Movimento Sinfônico - Quartas Clássicas, no Teatro Riachuelo. O evento que acontece às 20h é gratuito e os ingressos podem ser retirados a partir das 12h do dia 29, na bilheteria do Teatro. Cada pessoa tem direito a dois ingressos por CPF.

Com 42 anos de existência, a OSRN leva mais de 60 profissionais ao palco para o concerto da próxima quarta-feira, que também conta com convidados especiais como o solista italiano, Pierluigi Ruggiero (violoncelo), que venceu concurso na Italia em 1996 e foi o único italiano a ganhar uma bolsa de estudos na “Academia Liszt” de violoncelo da Universidade de Budapeste, no ano de 2001.

O Requiem de Mozart também será interpretado pela Sinfônica do RN, com a participação do Coral Canto do Povo e do Grupo de Opera Canto Dell`art. A soprano Hilkelia Pinheiro, a mezzo soprano Ariadne Mendes, o tenor César Leonardo Alves e o barítono José Luiz Fernandez estão entre os solistas do Requiem.

A Orquestra é mantida pelo Governo do RN, através da Fundação José Augusto e o projeto Quartas Clássicas acontece com a produção da M.A.P.A. Realizações Culturais, por meio de patrocínio, via incentivo do Governo do Estado e Fundação José Augusto pela Lei Câmara Cascudo e COSERN.


(Foto: Assessoria)
RN abre consulta pública sobre documento curricular da educação Infantil e do Ensino FundamentalO documento estará disponível para contribuições da sociedade até dia 31 de agosto

Potiguares dos 167 municípios estão convidados a participar da Consulta Pública da versão preliminar do Documento Curricular da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do RN, que ficará disponível ao público até o dia 31 de agosto no site da Secretaria de Educação do RN e da Undime/RN.  O documento servirá de referência para as escolas públicas e privadas do estado e seus 621 mil estudantes.

Apontando a importância da participação da sociedade na construção do documento curricular, a secretária de Educação do RN, Cláudia Santa Rosa, destaca o alcance do novo currículo. “A Consulta Pública é a oportunidade para todos enviarem suas contribuições e assim construirmos um documento importante que vai conter os conteúdos essenciais a serem aprendidos na sala de aula de todas as escolas do Rio Grande do Norte”, comentou.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação básica foi homologada pelo Ministério da Educação no final do ano passado. Construído a várias mãos, estabelece os conteúdos mínimos que deverão ser ensinados em todas as escolas do país e para subsidiar a construção do modelo a ser utilizado pelas unidades de ensino do estado, a União dos Dirigentes Municipais de Educação do Rio Grande do Norte (Undime-RN) e o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) firmaram em abril, pela primeira vez, o regime de colaboração que apoiará a formação de um consenso sobre a BNCC a ser adotada no território potiguar. 

A Consulta pretende reunir contribuições de professores das redes federal, estadual, municipal e privadas de ensino do RN, técnicos das secretarias municipais e estadual de ensino, técnicos das Diretorias Regionais de Ensino, coordenadores polos Undime, Conselhos Municipais de Educação (Uncme), estudantes e todos os interessados que desejem contribuir na construção do documento curricular.

Para participar, basta acessar o link disponível no site Secretaria de Educação do RN e da Undime. Nas duas plataformas, interessados poderão ter acesso a documentos relacionados à Educação Infantil; Introdução do Documento Curricular do Ensino Fundamental; Arte; Ciências; Educação Física; Ensino Religioso; Geografia; História; Língua Inglesa; Língua Portuguesa e Matemática.

Jeane Dantas, dirigente municipal de educação em Ipanguaçu e presidente da Undime/ RN, destacou a necessidade do envolvimento de profissionais da rede pública e privada do estado. “Esse é o momento em que os educadores potiguares são convidados a contribuir com o documento curricular do RN. A consulta pública ao Documento Curricular é um dos primeiros passos para a consolidação de um currículo que atenda às necessidades e realidades de hoje e do futuro dos estudantes potiguares”, afirmou.

Serviço

Consulta Pública – BNCC – Educação Infantil e Ensino Fundamental 

Período de contribuições: 3 a 31 de agosto

Sites para contribuição:

SEEC/RN: http://www.educacao.rn.gov.br/

Undime/RN: https://rn.undime.org.br/ 


(Foto: Assecom/SEEC)
RN capacita 154 agentes de viagens do UruguaiOs recursos desta ação são do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial.

Pensando em atrair mais turistas para o Rio Grande do Norte, o Estado potiguar está com uma equipe da secretaria de turismo e Emprotur participando do Meeting Brasil que acontece em países da América Latina. Os recursos desta ação são do Acordo de Empréstimo com o Banco Mundial.

No Meeting as equipes de turismo do Estado capacitam agentes e operadoras de viagens permitindo que eles conheçam melhor o RN, facilitando assim a venda do destino.

“O Brasil é um destino que tem atraído cada vez mais os Uruguaios. Essas capacitações permitem que a gente conheça melhor o país, em especial o Nordeste, que passamos a vender nos últimos anos”, disse Fernando Cambon, diretor da Audavi do Uruguai - Associação Uruguaiana de agentes de viagens.

“O RN tem investido bastante em divulgação. Recentemente participamos de um famtour onde conhecemos de perto as belezas naturais do RN. Agora percebemos que no interior tem turismo de aventura, que é muito procurado pelos nossos clientes”, comenta Denis Severo, operador de turismo.

Em entrevista ao portal hostel.lat, especializado em turismo e economia do setor, a subsecretária de turismo Solange Portela declarou que essa é a segunda ação do Governo do RN no Uruguai e em outubro o Estado estará aqui novamente. “Sobre a interiorização estamos informando que agora temos voos para Mossoró pela companhia Azul, que está localizada em uma região rica culturalmente e tem despertado interesse dos uruguaios”, declarou.

“A interiorização do turismo com foco no desenvolvimento regional é uma das áreas de atuação do Empréstimo com o Banco Mundial. Para tanto, estamos apoiando fortemente a realização de feiras nacionais, internacionais e meeting de divulgação do destino RN, o que fortalece não só o turismo, mas também o comércio e a produção local, gerando emprego e renda nos pequenos municípios”, destacou Ana Guedes, gerente do Projeto Governo Cidadão, que participa do meeting.

Além de Montevideu, no Uruguai, o Meeting Brasil vai percorrer as cidades de Lima (Peru), Santiago (Chile) e Bogotá (Colômbia).


(Foto: Assecom)
Museu da Rampa e Centro de Convenções têm previsão de conclusão de obras para este anoO Centro de Convenções contará com um novo pavilhão de feiras de 7,9 mil metros quadrados

O turismo do Rio Grande do Norte ganhará dois novos equipamentos até o fim do ano. A Secretaria Estadual de Infraestrutura (SIN) planeja entregar o Museu da Rampa e a ampliação do Centro de Convenções de Natal até o mês de dezembro.

Com as obras de reforma, o Centro de Convenções de Natal vai dobrar a capacidade de atendimento, o que vai permitir que o Rio Grande do Norte entre de vez no roteiro nacional do turismo de eventos. O local vai passar da área atual de 14,2 mil metros quadrados para 23,6 mil metros quadrados. Desta forma, a capacidade total será de atender até 12 mil pessoas.

A obra foi iniciada em 2015, mas sofreu com diversos atrasos ao longo dos anos. “O maior problema foi a demora na liberação de verbas federais (a construção tem o orçamento de R$ 30 milhões do Governo Federal e outros R$ 5 milhões do Estado). No primeiro ano de obras, por exemplo, nós recebemos apenas R$ 1 milhão”, detalha Jáder Torres, atual titular da Secretaria

O Centro de Convenções contará com um novo pavilhão de feiras de 7,9 mil metros quadrados e mais três auditórios para 650 pessoas cada um no pavimento inferior. “A estrutura vai dobrar a capacidade de atendimento. Hoje, o dinheiro está alocado e esperamos concluir a obra até o fim do ano”, afirma.

Outro importante equipamento turístico da capital, o Museu da Rampa, no bairro das Rocas, zona Leste de Natal, também será entregue até dezembro. As obras do espaço foram iniciadas em 2015, mas foram interrompidas por falta de recursos e adequações ao projeto. “A estrutura custou R$ 8 milhões. É um equipamento que vai potencializar o turismo no Rio Grande do Norte. É um ponto importante de preservação da história potiguar, para que os visitantes conheçam este pedaço importante da história potiguar”, analisa Jáder Torres.

A estrutura também terá o Museu do Aviador, com auditório, que será utilizado para exibir equipamentos, fotografias e documentos sobre a história da aviação no Rio Grande do Norte. Com informações do portal Agora RN.

 


Vista aérea do Centro de Convenções de Ponta Negra (Foto: ABIH)
Fim de semana de boas chuvas em todas as regiões do Rio Grande do NorteAs maiores chuvas ocorreram na mesorregião Leste Potiguar

No fim de semana, de sexta-feira até a manhã de hoje (9), a Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), registrou chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, com destaque para o Leste e o Agreste, regiões onde o período chuvoso segue até agosto.

As chuvas também atingiram o sertão (semiárido), mesmo no mês de julho, quando o calendário e as previsões dos meteorologistas mostram que a quadra chuvosa já está concluída. Ao todo foram registradas precipitações em 54 pluviômetros monitorados diariamente pela EMPARN. 

As maiores chuvas ocorreram na mesorregião Leste, em Pedra Grande, 202,5 milímetros; Ceará-Mirim, 119,0mm; Extremoz, 113,5 e, Natal, 85,0mm, entre outros municípios. Na mesorregião Agreste choveu mais forte em Parazinho, 195,2mm.

Na mesorregião Oeste foi onde choveu com menos intensidade, a chuva mais forte foi em Alto Do Rodrigues, 25,8mm. Na mesorregião Central choveu em São Bento do Norte, 120,0mm; Pedro Avelino (Base Fisica da EMPARN) 68,0mm e Lajes, 58,3mm, entre outros municípios. A previsão para os próximos dias é de mais chuvas no Litoral e Agreste.


(Foto: Divulgação)
Governo divulga crescimento do número de turistas estrangeiros no RNDivulgação de dados da Superintendência da Polícia Federal no RN aponta para um crescimento de 20% de turistas estrangeiros no Estado no primeiro semestre

A Secretaria de Turismo do RN está divulgando dados estatísticos que apontam para um crescimento de 20% no número de turistas no Estado no segundo semestre deste ano. Mesmo com a greve dos caminhoneiros e outros fatores externos, o número de turistas de outros países no Estadol se manteve em alta com 19,56% a mais do que o mesmo período de 2017, segundo dados da Superintendência Regional da Polícia Federal no Rio Grande do Norte.

Segundo a Polícia Federal, o aumento de 19,56% de estrangeiros entre janeiro e maio de 2018 corresponde a 13.629 turistas internacionais, sendo 2.230 a mais do que o ocorrido no mesmo período em 2017. O número representa uma injeção de aproximadamente R$ 5,5 milhões a mais na economia potiguar.

“Temos assistido aumentos continuados no número de turistas ao longo desta gestão, seja no mercado nacional ou internacional. Esses dados reforçam o acerto em nossa política de divulgação, mas temos a ciência de que precisamos explorar outros mercados para um crescimento ainda mais substancial”, disse o secretário estadual de Turismo, Manuel Gaspar.

A Argentina se mantém na liderança com 5.059 turistas e crescimento de 61,5% em relação ao ano passado. Portugal também permanece na segunda colocação, seguido por Itália, Espanha, França e Alemanha. Na sequência, a Suiça, com crescimento de 71%.


A beleza da Praia de Ponta Negra (Foto: Pizzato Natal)
Minicursos de horta orgânica e poda serão oferecidos no Cajueiro de PirangiO objetivo do curso é ensinar às pessoas a cuidarem bem do quintal para que possam transformá-lo em um lugar agradável

"Seu quintal também é meio ambiente, cuide bem dele!". Esse é o tema dos minicursos que serão oferecidos de 19 a 21 de junho no Maior Cajueiro do Mundo. O objetivo do curso é ensinar às pessoas a cuidarem bem do quintal para que possam transformá-lo em um lugar agradável, que ofereça melhor qualidade de vida e também lazer, através produção de hortas orgânicas e frutas fresquinhas.

De acordo com a bióloga Michela Carboni, é comum ouvir das pessoas que as plantas não florescem, ou adoecem, quando na verdade, o problema está no trato errado com essas plantas. E os minicursos vem para ensinar exatamente a forma correta de cuidar delas e do quintal como um todo.

“Uma poda mal feita ou adubação errada, podem debilitar as plantas e nós vamos mostrar para as pessoas que é possível sim, organizar um quintal de forma produtiva, com plantas saudáveis, mais frutas, alimento e menos doenças”, ressaltou Michela.

Os minicursos são voltados para qualquer pessoa que tenha um quintal em casa e serão realizados no Cajueiro de Pirangi, com exceção da aula de poda que acontecerá em um hotel próximo ao cajueiro. As informações para inscrição podem ser obtidas na recepção do maior cajueiro do mundo ou pelo telefone: (84) 9.8899-1978.

Segue abaixo a programação para os três dias de minicursos:

Dia 19/06 - Criando sua horta orgânica em sua casa, utilizando materiais recicláveis.

Engenheiro Florestal: Marcelo da Silva Rebouças

Dia 20/06 - Podando no quintal, por mais frutas e menos doenças!

Bióloga Michela Carboni

Dia 21/06 - Controle legal - Identificando e controlando pragas e doenças.

Engenheiro Agrônomo James Antonio C. Ferreira


(Foto: Divulgação)
SESC RN apresenta exposição fotográfica do artista Flávio AquinoA exposição "Interferência Urbana" tem abertura nesta quarta-feira (16) e vai até o dia 11 de julho no SESC Cidade Alta, em Natal

A Galeria Sesc abre em junho a primeira exposição fotográfica do ano. “Interferência Urbana”, do artista Flávio Aquino, reúne obras que dialogam acerca do desenvolvimento urbano no ambiente natural. A vernissage acontece na quarta-feira, 6 de junho, às 19h, e a exposição fica em cartaz para visitação gratuita até 11 de julho no Sesc Cidade Alta, em Natal. 

Flávio Aquino propõe um olhar poético e surreal sobre o avanço do desenvolvimento das cidades sobre a natureza, e faz isso por meio da superposição de imagens de ambientes naturais e de ambientes urbanos. Unindo concreto e asfalto a rios e árvores, Flávio Aquino antecipa a interferência urbana nos ambientes naturais, lançando um olhar para as consequências desse encontro. As oito fotografias que compõem a exposição foram feitas na cidade de Natal e nos estados do Rio Grande do Norte e de Sergipe.

Flávio Aquino é fotógrafo natural do Rio Grande do Norte e se inspirou na sua experiência em fotografias de paisagens para compor as imagens que fazem parte da exposição. O artista problematiza a destruição da natureza através do desenvolvimento das cidades e ambientes urbanos.

Desde 2015, os trabalhos dos artistas que expõem na galeria são selecionados por meio de edital. Em sua 4ª edição, o projeto selecionou seis trabalhos para compor o calendário de exposições 2018. Até dezembro, entrarão em cartaz as exposições “A estrada é longa” de Lucas MDS; “Cidade invisível”, de Mário Rasec e; “Modern violence”, de Matthieu Duvignaud. Cada selecionado recebe um prêmio de R$ 2.300 brutos.

Além do cachê, o Sesc disponibiliza recursos técnicos e financeiros para a produção das exposições, assessoria em arte-educação e mediação cultural, totalizando R$ 48 mil investidos.


Obra artística de Interferência Urbana de Flávio Aquino (Foto: Divulgação)
Sebrae inaugura estrutura do Sebraelab nesta terça-feiraCom uma proposta colaborativa e multifuncional, o espaço Sebraelab será inaugurado nesta terça-feira (29)

O Sebrae no Rio Grande do Norte inaugura, nesta terça-feira (29), um espaço para estimular novas ideias, trocar de experiências, criar novos modelos de negócios e e potencializar as conexões com empreendedores e atores dessa era digital. Trata-se do Sebraelab Natal, uma estrutura para gerar experimentação e interação, fomentando a inovação na concepção das empresas do futuro. A solenidade está marcada para às 10h, na sede da instituição, em Natal, onde está instalado o espaço.

Foram investidos cerca de R$ 800 mil para montar o Sebraelab, cuja proposta é proporcionar o compartilhamento de ideias, o aprendizado contínuo e a geração de conhecimento para pessoas que planejam um negócio inovador, que têm o desejo de empreender ou acreditam na inovação como o caminho para aumentar a competitividade das empresas. O ambiente Sebraelab foi projetado a fim de fazer florescer ideias que não cabem em espaços enrijecidos. E, por isso, entra no conceito de ser multifuncional, versátil e propício para favorecer a criatividade colaborativa.

De acordo com o gestor do Sebraelab Natal, Carlos von Sohsten, a ideia é ter no estado um ambiente colaborativo e multifuncional, que permita o desenvolvimento de ideias inovadoras e a remodelagem de negócios, gerando conexões que possibilitem vários níveis de colaboração e coparticipação entre os empreendedores. "Uma das palavras chaves do Sebraelab é flexibilização. Os usuários são quem determina como será feito esse ambiente, que une todo o ecossistema inovador do Rio Grande do Norte", diz o gestor. A estrutura está sendo implantada em outras cidades do Brasil mas a versão potiguar foi pensada para ser a mais completa (full) desse projeto idealizado pelo sistema Sebrae.

A estrutura do SebraeLab também foi pensada para apoiar as startups, com capacitações em diversas áreas, permitindo que desenvolvam ideias e compartilhem soluções com outras empresas do segmento. O espaço já começa a funcionar dando suporte a startups, que possuem negócios de impacto social, selecionadas no edital de aceleração.

A atuação do Sebraelab será baseada em três premissas. A primeira é Learn, em que é possível trocar experiência e conhecimento em palestras debates hangouts e eventos que geram interação e aprendizado, além de experimentações práticas de dinâmicas oferecidas por ambiente de inovação.

A segunda perspectiva do Attend, atuando com modelos de coworking, customer development e hackathons. A terceira é o Business, com a realização de ações que acelerem as conexões e os contatos de negócios, aceleração de mentorias e aconselhamentos empresariais, assim como os meetups. Isso para disponibilizar de forma dinâmica e colaborativas com parceiros estratégicos novas metodologias com foco nas necessidades dos empreendedores.


(Foto: Divulgação)
Roboeduc tem forte presença na Campus Party NatalEmpresa natalense lança produto inovador para a robótica educacional no maior evento de tecnologia da América Latina

O lançamento do Roboeduc Inbox, produto inovador na robótica educacional, conseguiu mobilizar participantes e visitantes do maior evento de tecnologia e cultura nerd da América Latina, o Campus Party, ocorrido em Natal no período de 11 a 15 deste mês, em grande estrutura armada no Centro de Convenções, em Ponta Negra.

O sucesso do Roboeduc Inbox entre os presentes durante os dias do evento tem a marca significativa da inovação, do intuitivo, da leveza e da qualidade. Em um evento que contou com mais de 50 mil pessoas, o estande da Roboeduc foi um dos mais procurados na Open Campus.

Já imaginou poder levar conteúdos de Robótica a qualquer pessoa, em qualquer lugar do país? Já pensou em proporcionar conhecimento e tecnologia para crianças, jovens e adultos? E se tudo isso viesse de forma prática, dentro de uma caixa, com aulas virtuais exclusivas e materiais para você formar seu próprio projeto de robótica? Agora isso é possível, por meio do Roboeduc Inbox.

Desenvolvido pela primeira escola de programação e robótica do Brasil, a Roboeduc, o Roboeduc traz emseu primeiro módulo desafios com o tema ‘smart city’ ou, no português, ‘cidades inteligentes’. O objetivo é chamar a atenção para a importância na vida das pessoas e homenagear Natal.

“O assunto está sempre em alta na área de tecnologia e no ensino de programação e robótica, por isso trouxemos para a parte inicial do produto. Além disso, Natal, por contar com o Parque Tecnológico, tem o título de cidade inteligente e nós resolvemos começar com essa homenagem à nossa terra”, revela o diretor da Roboeduc, Cássio Leandro.

A ideia da Roboeduc foi oferecer um produto voltado para os amantes da robótica e possibilitar a inclusão daqueles que não têm ou não podem usufruir de aulas presenciais. “Os kits são compostos por aulas virtuais e boxes, que contam com peças fabricadas em impressoras 3D. Cada módulo possui quatro boxes, com quatro aulas cada, que somam 16 aulas no total. Ao final, a pessoa terá montado um projeto completo. É uma oportunidade também dos pais participarem mais de perto das atividades dos filhos, pois o que eles fariam em sala de aula também poderá ser feito por eles em casa”, explica Cássio.

O estande da Roboeduc, durante a Campus Party Natal, contou com diversas atrações, como robôs mecanóides e brinquedos tecnológicos. Por lá, circularam pessoas de todas as idades, que buscavam um único objetivo: conhecer um pouco mais sobre o universo da robótica educacional e como ela pode auxiliar o desenvolvimento das pessoas.

Além do raciocínio lógico, a robótica estimula áreas do conhecimento humano, com especial destaque para o desenvolvimento dos conhecimentos matemáticos, além de física e mecânica, dentre outras disciplinas, deixando as crianças mais preparadas para o futuro. Poder levar esses benefícios a todos os jovens do país é um dos objetivos do Roboeduc Inbox.

“Sabemos dos benefícios da robótica e como ela auxilia o desenvolvimento dos jovens. Queremos que esses benefícios quebrem barreiras e cheguem a todos os cantos, oferecendo mais conhecimento aos estudantes. Por isso já disponibilizamos os kits para venda no nosso site. O envio pode ser feito para todo o país e atendemos o consumidor final, bem como instituições de ensino”, garante Cássio Leandro.

Os kits já estão disponíveis para venda no site www.roboeduc.com.br/inbox


Roboeduc atrai atenções na Campus Party (Foto: Kelvin Oliveira)
Empresários e comerciários de Assu debatem modernização das leis trabalhistasO seminário Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Por que mudou? já passou pelas cidades de Natal, Currais Novos, Mossoró, Macaíba, Santa Cruz, Nova Cruz, reunindo mais de duas mil pessoas.

O Sistema Fecomércio RN realizou, em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Assú, na noite desta quinta-feira (19), mais uma edição do seminário Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Por que mudou?. O evento aconteceu no Cine Teatro Pedro Amorim, em Assú, e empresários, comerciários e contadores, tiraram suas dúvidas acerca das mudanças na legislação trabalhista com o professor especialista em Direito e Processo do Trabalho, Marcelo de Barros Dantas.

“A relevância da abordagem do tema é fazer com que haja fortalecimento do comércio e, consequentemente, da economia do Assú. Não se tem poupado esforços para que a cidade cresça economicamente”, comentou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Assú, Francisco de Assis Barbosa.

Dentre os assuntos tratados na palestra, Marcelo Dantas respondeu perguntas sobre as mudanças da lei em casos de acidente de trajeto, empregado intermitente, hora de descanso, uso do fardamento e licença maternidade. O professor de Direito ainda ressaltou que a nova lei trabalhista mostra equilíbrio entre empregador e empregado.

“Hoje o empregador tem soluções melhores para contratar alguém que, antes da reforma trabalhista, ele não contrataria. Como também o empregado se beneficia de melhores condições oferecidas pela empresa”, afirmou o especialista.

O seminário Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Por que mudou? já passou pelas cidades de Natal, Currais Novos, Mossoró, Macaíba, Santa Cruz, Nova Cruz, reunindo mais de duas mil pessoas.

Entrega de certificados Senac

A solenidade também contou com a entrega de certificados a cerca de 30 alunos que concluíram o curso de Informática Inicial com Internet, na unidade móvel do Senac RN, durante a Fenavale 2017.

O programa Senac Móvel tem o objetivo de democratizar ao máximo o acesso à educação para o trabalho, levando infraestrutura pedagógica de última geração e contribuindo com a formação profissional de centenas de pessoas.

“Nosso objetivo é melhorar a qualidade de vida das famílias de vulnerabilidade social, dando oportunidade de capacitação. Quanto mais se capacitar, mais chances de entrar no mercado de trabalho” enfatizou a Secretária de Assistência Social, Trabalho, Cidadania e Habitação de Assú, Helenora Costa, que agradeceu a parceria com o Sistema Fecomércio, através do Senac Rio Grande do Norte.


(Foto: Assessoria)
Natal sedia maior evento do esporte escolar do paísEtapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude acontece em Natal no mês de novembro

Natal vai sediar dois grande eventos esportivos capazes de gerar renda e de atrair atenções no campo turístico. A cidade terá este ano a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, no período de 12 a 26 de novembro, com a presença de atletas/estudantes das 27 unidades da federação, e a etapa regional do Norte/Nordeste entre os dias 12 a 16 de setembro. O anúncio de Natal cidade-sede dos dois eventos feito pelo Comite Olímpico Brasileiro (COB) ocorreu em solenidade na noite da quarta-feira (28) realizada na Cidades das Artes, no Rio de Janeiro.

Por seus reflexos na economia e na divulgação de Natal em outras regiões do país, os dois eventos, sobretudo a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, que são de natureza pré-olímpica, representam importantes conquistas de uma pasta que até bem pouco estava entre as escolhidas pelo Governo do Estado para serem extintas, a Secretaria do Esporte e do Lazer do RN. "O esforço do Governo do Estado para trazer os jogos foi recompensado em dobro, além de sediarmos a etapa nacional com 27 estados, também teremos a honra de sedia etapa regional com nove estados do Nordeste", afirmou o chefe de gabinete da pasta, Cezer Nunes.

O presidente do COB, Paulo Wanderley, também tem boa expectativa com relação a Natal como cidade-sede dos dois eventos. “Nós do COB temos a certeza de que o estado do Rio Grande do Norte atenderá as nossas expectativas, realizando juntos os melhores jogos escolares da história. Em breve, no dia 18, estarei em Natal para fazer o lançamento oficial junto aos potiguares”, disse Paulo Wanderley.

Em números, os Jogos Escolares da Juventude deverão reunir cerca de 1.800 atletas em Natal na fase regional e 8 mil na etapa nacional. O COB anunciou na visita a Natal que investirá R$ 9,5 milhões em diárias de hotel, refeições e transporte.

O maior evento esportivo estudantil do Brasil reunirá em Natal atletas de 12 a 14 anos e 15 a 17 anos das escolas públicas e particulares de todo o país. Serão disputadas competições nas modalidades de atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação, tênis de mesa, xadrez, basquete, futsal, handebol e vôlei indoor e de praia.

Vale destacar que os grandes eventos do esporte escolar em Natal têm início com as iniciativas desenvolvidas pelo pioneirismo do advogado e desportistas José Joacy Bastos. No ano de 2012, o então secretário do Esporte e do Lazer do RN conseguiu trazer para Natal, com muito esforço próprio e contrariando previsões pessimistas, os Jogos Sulamericanos Escolares.

Jogos Escolares da Juventude (etapa nacional)

Investimento do COB - R$ 9,5 milhões

Número de estados participantes - 27

Número de atletas - 8 mil

Número de diárias/hotel - 36 mil

Número de refeições - 60 mil

Locação de ônibus - 85

Locação de carros - 52

Locação de vans - 40


Jogos Escolares da Juventude 2017 em João Pessoa (Foto: Rafael Queiroz)
Alunos da rede pública apresentam projetos na maior feira de ciências da América LatinaA 16ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) acontece de 12 e 16 de março, na Universidade de São Paulo.

Estudantes da rede pública estão representando o RN na 16ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace). O evento acontece de 12 e 16 de março, na Universidade de São Paulo.A rede estadual mandou seis equipes à Febrace em 2018. 

O projeto ADESINA é um dos trabalhos que representam o RN na feira. Desenvolvido pelas alunas Joedna Santos, Raquel Silva e Maria Luíza, da Escola Estadual João Manoel Pessoa, situada no município de Itajá e pertencente à 11ª Direc. Com coordenação da professora Kecya Monique, o projeto ADESINA ganhou credencial pela UFERSA durante a Feira de Ciências do Semiárido Potiguar, fruto de parceria firmada entre a UFERSA e a SEEC, dentro do Programa Ciências para Todos no Semiárido Potiguar.

O programa realiza as feiras escolares, regionais e a Feira de Ciências do Semiárido. Uma comissão da UFERSA seleciona seis projetos entre os trabalhos apresentados e os credencia para uma nova apresentação na FEBRACE. Desde 2011, 53 trabalhos já foram credenciados e, dos nove projetos que representam o RN na edição 2018, seis foram credenciados na última Feira de Ciências do Semiárido realizada em outubro de 2017.

“Para os alunos da rede, a parceria entre UFERSA e SEEC possibilita uma oportunidade única de desenvolver trabalhos científicos próprios, sob orientação de um professor e apresentá-los em diversas feiras, sejam da escola, das Direcs ou do Semiárido. Há sete anos selecionas trabalhos para enviar à FEBRACE e muitos deles recebem prêmios, credenciais para eventos nacionais e internacionais. Em 2017, um trabalho desenvolvido no município de Baraúna foi premiado em evento internacional. É um impacto muito grande pois os alunos voltam transformados e disseminam essa experiência que viveram na Usp para os seus colegas”, pontou Felipe Ribeiro, professor da UFERSA e coordenador da delegação do RN na feira.

“É a primeira vez que eles vêm para uma feira de conhecimento científico deste cunho, e trazê-los até aqui é um prêmio para nós. As expectativas serão muito mais significativas e isso demonstra que eles têm potencial, são capazes, e estão elevando o conceito das nossas escolas”, comentou Francisco Sormangem, diretor da 15ª Direc (Pau dos Ferros). 

Ao todo, a delegação do Rio Grande do Norte é composta por 38 pessoas, sendo 16 alunos; 10 professores e técnicos das Direcs e da Ufersa. Além da Escola Estadual João Manoel Pessoa, também estão participando da Febrace, projetos da Escola Estadual Juscelino Kubitscheck, Escola Estadual Rui Barbosa, Escola Estadual Profº Hermógenes Nogueira da Costa e Escola Estadual Raimundo Gurgel. 


(Foto: USP)
Água chega a Zona Rural de Messias Targino no médio oeste do RNIniciativa do governo estadual com financiamento do Banco Mundial muda a realidade de famílias da região

Zona rural de Messias Targino finalmente recebe o benefício da água através de ação enaltecida pelo próprio autor da façanha, o Governo do Rio Grande do Norte. No caso específico da comunidade de Trincheira da Serra estão sendo beneficiadas apenas 10 famílias da região, antes poucos do que nenhum.

Quando Maria do Socorro Lira, 44, chegou à comunidade Trincheira da Serra, em Messias Targino, não tinha água nem energia elétrica. Até poucos dias atrás ela viveu escolhendo entre cuidar das plantas, lavar louça, roupa, ou tomar banho. É que embora a energia tenha chegado há alguns anos, a água só vinha de carro-pipa até dezembro passado. “Era um sofrimento muito grande”, diz, lembrando sem saudade do período de escassez. Hoje ela não só cuida dos pés de mamão, maracujá, melancia, jerimum, banana e coentro, como tem água para todos os afazeres domésticos.

A dona de casa é uma das dez famílias beneficiadas com o projeto de acesso à água do Governo do RN por meio do projeto Governo Cidadão, Sethas e Banco Mundial, que investiu R$ 159 mil na construção de um poço, seis barreiros trincheira e implantação de 10 quintais produtivos utilizando o sistema de reuso de água cinza. O agricultor Ronaldo Andrade, 35, já está preparando a terra para plantar. “Graças a Deus água não será mais um problema”, diz, enquanto usa o motocultivador adquirido pela comunidade com recursos restantes do projeto.

Em Canta Galo, também em Messias Targino, 27 famílias foram beneficiadas com a perfuração de dois poços tubulares, implantação de de caixa d’água com capacidade para armazenar 20 mil litros de água, sistema de distribuição, além do reuso de águas cinza que serão destinadas à irrigação de algumas plantas frutíferas. Para Anézia Teixeira, 55, e sua mãe Alguimar Fernandes, 77, é um sonho realizado.

“Nunca tinha visto uma seca como essa. Se não fosse essa água, a gente ia morrer de sede”, diz dona Alguimar, que desde 1954 vive na comunidade Canta Galo. O investimento no local envolveu recursos da ordem de R$ 271 mil e já está mudando a realidade dos moradores, que não perdem de apreciar a vista proporcionada pela altura da caixa d’água.

Há 47 anos vivendo na comunidade Salobro, o agricultor Antônio Dantas reconhece a importância da água para o sertanejo. Feliz por agora poder ligar a torneira e alimentar seus animais, ele diz que também vai aproveitar para plantar no quintal produtivo com o reuso das águas cinza. O investimento do Governo do RN nesta comunidade soma R$ 219 mil e vai beneficiar em torno de 20 famílias, com a perfuração de dois poços artesianos, ampliação da rede de abastecimento e construção de duas caixas de água elevadas.


Comunidade desfruta agora do sagrado acesso à água (Foto: Governo Cidadão)
Municípios em Foco: A força das cidades polosRanking mostra a importância das maiores cidades na manutenção da população e no desenvolvimento do RN

O crescimento populacional do Rio Grande do Norte que, segundo levantamento do IBGE, foi de 0,5% de 2016 para 2017, superando a marca dos 3,5 milhões de habitantes, mais precisamente 3.507.003, ficando em 17º lugar no ranking dos estados brasileiros e 6º na região Nordeste. Esse avanço populacional, embora pequeno, tem a marca das históricas microrregiões do Estado que, tendo como suportes principais as cidades pólos, conseguem manter suas comunidades mesmo diante do atrativo cada vez maior representado pelos grandes centro urbanos, no caso do RN, pela capital, cidades da região metropolitana, e pelo principal conglomerado urbano do Oeste, Mossoró.

A força das cidades pólos regionais no avanço populacional do Rio Grande do Norte é um dos fatores determinantes para a manutenção com consistência das comunidades e para a luta pelo desenvolvimento. Natal, capital do Estado e cidade com maior número de habitantes, 885.180, congrega em seu entorno vários municípios com população em processo de crescimento formando a região metropolitana. Parnamirim avança como a terceira maior população do RN com 254.709, enquanto São Gonçalo do Amarante desponta como a quarta com 101.492, e Macaíba vem logo a seguir na quinta posição com 80.031, acompanhado de Ceará Mirim, no sexto posto com 73.849 habitantes. Também localizo na região da Grande Natal, o município de São José de Mipibu é o décimo mais populoso do Estado. Já distante, mas também em processo de crescimento populacional está o município de Extremoz com 28.331 habitantes.

No Oeste potiguar desponta a grande cidade da região, a próspera Mossoró com 295.619 habitantes, e a segunda mais populosa do Rio Grande do Norte. Também no Oeste encontra-se a cidade de Apodi, um dos municípios polos do médio oeste, e o décimo terceiro mais populoso do Estado com 36.323 habitantes; e o município de Pau dos Ferros, no alto oeste, o décimo oitavo mais populoso do RN, com 30.452 habitantes, seguido de Baraúna, na região de Mossoró, o vigésimo mais populoso do Estado, com 28.085 habitantes.

O município de Caicó é o mais populoso da região Seridó e a sexta do Estado com uma população estimada de 68.222 pessoas, seguida de Currais Novos, a nona do RN, com 45.228 habitantes. Os dois outros municípios seridoenses que aparecem entre os trinta mais populosos do RN são Parelhas, a vigésima sétima, com 21.669, e Jucurutu, a vigésima nona, com 18.530 habitantes.

Na região do Vale do Açu, desponta o município de Assu, o oitavo mais populoso do Estado, com 58.183 moradores, seguido à distância pelo município de Ipanguaçu, na trigésima terceira posição no RN, com 16.464 habitantes.

A região Agreste tem como município mais populoso o de São José de Mipibu, o décimo no ranking estadual, com 43.995 moradores; seguido de Nova Cruz, o décimo segundo no Estado, com 37.695 habitantes; e de Nísia Floresta, o vigésimo segundo no RN, com 27.372 moradores.

Santa Cruz é o município mais populoso da região do Trairi, e o décimo primeiro do Estado, com 39.667 habitantes; seguido de Tangará, o trigésimo primeiro no ranking estadual, com 15.866 moradores; e de Campo Redondo, o sexagésimo primeiro no RN, com 11.244 habitantes. João Câmara é o município mais populoso da região do Mato Grande, e décimo quarto do Estado, com 35.087 habitantes; seguido de Poço Branco, o trigésimo quarto do RN, com 15.418 moradores; e de Taipu, o quinquagésimo segundo do RN, com 12.428 habitantes.

A região do Litoral Norte e Salineira tem como município mais populoso o de Touros, também localizado junto a área metropolitana da Grande Natal, décimo sexto no ranking estadual, com 34.043 moradores; seguido de Macau, o décimo sétimo do RN, com 31.859 habitantes; e de Areia Branca, vigésimo primeiro do Estado, com 27.401 moradores.

O município de São Paulo do Potengi é o mais populoso da região do Potengi, e trigésimo do Estado, com 17.572 habitantes; seguido de Ielmo Marinho, quadragésimo quarto no RN, com 13.714 moradores; e de Riachuelo, octogésimo sétimo do Estado, com 8.075 habitantes.

 

Matéria publicada na edição de janeiro de 2018 da Revista Municípios em Foco.


Mossoró: cidade polo de toda a grande região oeste a segunda mais populosa do RN
Mais de 50% das vagas da rede estadual de ensino no RN foram ocupadasMatrículas para rede estadual de ensino seguem até o dia 09

A Central de Matrículas do RN registrou até a manhã de hoje (29) a ocupação de 177.897 das vagas, que representa 50,82% do número ofertado para a rede de ensino estadual em 2018.  As matrículas seguem até o dia 09 de fevereiro e podem ser feitas através do portal SigEduc (www.sigeduc.rn.gov.br), através do aplicativo Matricula Escolar RN, lançado pela Secretaria de Educação e Cultura do estado para facilitar ainda mais o acesso ao ensino público, disponível para download na Play Store, ou ainda na própria Central de Matrículas que funciona na sede da Secretaria Estadual de Educação.

Nas duas opções, o estudante deve escolher o tipo de ensino médio que deseja ingressar – tendo como opções o ensino médio regular e o integral –, o turno a ser cursado e preencher os dados pessoais solicitados para a realização da matrícula.

Após concluir esse processo, o estudante deve imprimir o comprovante de solicitação e aguardar o processamento da matrícula. Com o deferimento em mãos, os alunos têm até 5 dias corridos para comparecer à escola com os documentos e efetivar a matrícula.

Quem perdeu o prazo para renovações e transferências pode tentar novamente uma vaga na rede até o final do prazo, dia 09. “Há vagas para todos os que desejam estudar”, destaca a secretária de Educação do RN, Claudia Santa Rosa.

Além das plataformas online, estudantes e responsáveis podem realizar a matrícula se encaminhando até a escola onde deseja solicitar vaga, ou na Diretoria Regional de Educação e Cultura (DIREC) de sua jurisdição, ou na Central de Matrículas, localizada na Secretaria.

No total são 305 mil vagas, entre renovações, transferências e novos estudantes, ofertadas em todo o Rio Grande do Norte em 2018.


No total são 305 mil vagas, entre renovações, transferências e novos estudantes. (Foto: O Popular)
Evento promove gastronomia e música na paradisíaca Baía FormosaCom presença de chefes renomados como Simone Grazy, Angelina Tavares, Marcilio Cavalcante e Thiago Gomes

Sol, mar e boa gastronomia é a pedida para este fim de semana em um dos locais mais paradisíacos do Litoral Sul potiguar. E o melhor: com shows musicais e artesanato para adornar a 9ª edição do Festival Gastronômico de Baía Formosa.

O evento, realizado pela Setur RN e prefeitura de Baía Formosa, com recursos do Governo Cidadão via empréstimo do Banco Mundial, acontecerá entre os dias 12 a 14 de janeiro no mirante da praia, este ano com o tema “Da pesca para o prato, um mar de sabores”. Serão dias de experiências gastronômicas com pratos elaborados a partir da albacora, um pescado típico na região.

“O Festival já guarda uma tradição e movimenta o turismo e a economia de Baía Formosa e localidades próximas. Tem como diferencial uma culinária genuína, com envolvimento da comunidade pesqueira local e isso só engrandece o propósito do evento”, ressaltou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.  

Com presença de chefes renomados como Simone Grazy, Angelina Tavares, Marcilio Cavalcante, Thiago Gomes e Joseane Paixão, a 9ª edição do Festival conta também com uma série de shows com músicos como Isabel Queiroga, Gerliane Souza, Rodrigo Lacaz, entre outros.

Mas o ápice da programação será o show do cantor Geraldo Azevedo, em histórica apresentação acústica no mirante da cidade, e do cantor Zé Maria Pescador, musico nativo descoberto por Ney Matogrosso em uma de suas visitas à Baia Formosa. Zé, que ainda é pescador e também atuou em filme gravado na cidade, estará lançando seu primeiro CD “pescador”.

PROGRAMAÇÃO

Sexta - 12/01

19h - Chef Simone Grazy (Fetuccine Del Mare)

20h - Chef Angelina Tavares (Salada Mar e Sertão)

Show com Isabel Queiroga e Gilvan Costa

Sábado – 13/01

19h - Chef Marcílio Cavalcante (Polvo Grelhado c/ Tapenade de Azeitonas e Aioli de Limão Siciliano)

20h - Chef Thiago Gomes (Feijoada de Frutos do Mar)

Shows com Rodrigo Lacaz e Gerliane Souza

Domingo - 14/01

10h - NutriChefs Joseane Paixao e Thiago Gomes (Oficina infantil)

Shows com  Zé Maria e Geraldo Azevedo

* Todas as noites além de feira gastronômica, haverá feria de artesanato.


O ápice da programação será o show do cantor Geraldo Azevedo. (Foto: Guia do Turismo do Brasil)
Balança comercial do Rio Grande do Norte conclui 2017 com superávitSeguindo a tendência dos últimos anos, o melão continua sendo o principal produto exportado pelos potiguares.

Balança comercial do Rio Grande do Norte termina com saldo positivo em 2017, graças principalmente a exportação de frutas frescas. De acordo com o Ministério da Indústria, do Comércio Exterior e Serviços foram exportados US$ 304,5 milhões ao longo do ano, contra importação de US$ 177 milhões, gerando saldo de US$ 127,4 milhões.

Seguindo a tendência dos últimos anos, o melão continua sendo o principal produto exportado pelos potiguares. Foram comercializados US$ 108 milhões da fruta, representando 35% das vendas do estado para o exterior, ao longo do ano. Mais de 163 mil toneladas do produto foram enviadas para fora do país, o que representa um crescimento de 43% em relação a 2016. A fruta saída do estado foi responsável por 66% das exportações do produto no país, seguido pelo Ceará.

 

Os principais destinos das frutas potiguares foram Holanda, Reino Unido e Espanha, Emirados Árabes, Canadá e Argentina. Outro destaque na exportação foi a melancia fresca, segundo produto mais vendido pelo estado ao mercado exterior, num total de US$ 23,11 milhões. De forma geral, o Rio Grande do Norte registrou crescimento de 6,97% nas exportações, em relação a 2016.

Portos maiores exportadores de frutas:

1° Natal/RN: US$ 232,6 mi;

2° Salvador/BA: 213,5 mi;

3° Pecém/CE: 132,8 mi.


Melão: Foram comercializados US$ 108 milhões da fruta, representando 35% das vendas do estado. (Foto: Tribuna do Sertão)
Com Exército nas ruas, indices de violência caem em NatalÉ a terceira vez que o Governo Federal autoriza o envio das Forças Armadas ao Rio Grande do Norte

Com o objetivo de restabelecer as condições de ordem pública e segurança no Rio Grande do Norte, a Operação “Potiguar III” teve início na noite da última sexta-feira, 29 de dezembro, em Natal. A operação tem a participação de cerca de 2.800 militares das Forças Armadas e da Força Nacional de Segurança Pública, que atuarão na Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em conjunto com órgãos de segurança pública estaduais pelo período inicial de 15 dias. O envio das tropas foi autorizado em decreto assinado pelo Presidente da República.

É a terceira vez que o Governo Federal autoriza o envio das Forças Armadas ao Rio Grande do Norte num período de 18 meses. Na presente Operação, as primeiras tropas iniciaram o patrulhamento em Natal e na região metropolitana na noite de sexta-feira, 29 de dezembro. A operação também acontece na cidade de Mossoró, na região Oeste do estado, desde o último sábado, 30 de dezembro.

Os índices de criminalidade na Grande Natal diminuíram após a chegada do Exército Brasileiro para suprir a ausência de policiais militares nas ruas do Rio Grande do Norte. A afirmação é do general Ridauto Fernandes, comandante-geral da operação Potiguar III. O militar disse que o número de roubos caiu 41% e de homicídios 37%, comparando um período de quatro dias antes e quatro dias após a chegada das Forças Armadas ao estado.


A operação também acontece na cidade de Mossoró, na região Oeste do estado. (Foto: Divulgação)
Escola em Almino Afonso inova o ensino em busca da melhoria da aprendizagem A escola é uma das instituições beneficiadas pelo programa Jovem de Futuro

Localizada na cidade de Almino Afonso, na região Oeste do RN, a escola estadual Estudante Ronald Néo Junior vive um novo momento em sua rotina pedagógica. A escola é uma das 143 instituições beneficiadas com o programa Jovem de Futuro, fruto de uma parceria da SEEC com o Instituto Unibanco. Por meio de atividades com foco no desenvolvimento do aluno, os alunos da Ronald Néo Junior viram a retomada do gosto pelo ensino.

Com o foco de melhorar o desempenho dos alunos nas disciplinas de língua portuguesa e matemática, a escola planejou atividades que permitiram conhecer melhor cada aluno. “Queríamos entender, por exemplo, porque os estudantes faltavam as aulas. Para melhorarmos o ensino, era necessário que o aluno fosse assíduo, então, uma das primeiras atividades, foi ir na casa dos alunos que faltavam as aulas para conhecer a rotina e trazê-lo de volta à escola. Assim, seu rendimento iria melhorar e ele se sentiria mais seguro”, destacou a professora Solange Bezerra, diretora da escola Ronald Néo Junior.

O projeto de ação desenvolvido pela escola levou os professores a uma nova forma de planejar as aulas. Um exemplo disso foi uma das atividades desenvolvidas visando a melhoria do ensino da matemática: o jogo do xadrez. “Antes de pensarmos nessa estratégia como ligada essencialmente ao ensino da matemática, vimos que outros professores poderiam ajudar nessa aposta. Então, os alunos tiveram, na aula de história, uma introdução sobre surgimento e desenvolvimento do jogo, para quando eles se deparassem com o tabuleiro, na aula de matemática, fosse algo familiar para eles”, frisou a diretora que aponta como resultado desta atividade o desenvolvimento do raciocínio lógico dos alunos.

Essa integração de disciplinas tornou-se possível, segundo a gestora da escola, graças a um conceito que o programa Jovem de Futuro reforçou junto ao corpo de professores da unidade de ensino: o planejamento é essencial para uma boa aula. “Observamos que um olhar mais atento pode mostrar que pequenas ações refletem em bons resultados. Todos nós, professores, fizemos uma autocrítica e vimos que um bom planejamento pode inovar toda uma aula”.

A unidade de ensino, que conta com 110 alunos, tornou-se uma referência no ensino ao alcançar o posto de primeira colocada, em meio a todas as escolas da 14ª Diretoria Regional de Educação e Cultura, no prêmio de Gestão Escolar. “Estamos certos de que o conjunto de atividades que a escola realiza para nossos alunos, alinhado com a metodologia que o Jovem de Futuro trouxe a nossa escola, é a explicação para nosso bom resultado”, finalizou Solange Bezerra.


A escola é referência na região. (Foto: Reprodução/You Tube)
Mossoró é oficializada como capital nacional do semiárido brasileiroA medida foi sancionada pelo presidente Michel Temer

O município de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, é oficialmente a capital nacional do Semiárido brasileiro. A edição do Diário Oficial da União de hoje (22) trouxe a Lei Nº 13.568, sancionada ontem pelo presidente Michel Temer, que termina a mudança.

"Fica conferido o título de Capital do Semiárido à cidade de Mossoró, no Estado do Rio Grande do Norte", diz o primeiro artigo da lei, que passou a valer a partir da publicação.

Mossoró tem a segunda maior população do RN habitantes, atrás apenas de Natal. São 295,6 mil habitantes, segundo o IBGE. Com 2.100 quilômetros quadrados, porém, o município tem maior área entre as cidades potiguares.


Mossoró tem a segunda maior população do RN habitantes. (Foto: Divulgação)
Maior cajueiro do mundo chega ao seu 129º aniversárioCajueiro de Pirangi (RN) tem aniversário nesta quarta-feira (20) com vasta programação

Maior Cajueiro do Mundo, localizado em Pirangi (RN), faz 129 anos de existência nesta quarta-feira (20) com vasta programação que se inicia nesta terça-feira (19) com a presença da comunidade local e de visitantes de várias partes do país e do mundo.

Na quarta (20), dia de seu aniversário, a entrada será franca para todos. A programação festiva tem início às 8h e prossegue até às 19h.  Terá exposição de produtos feitos a base de caju e castanha, biblioteca itinerante, serviços jurídicos e odontológicos, aula de zumba, blitz educativa e curso de produção de carne de caju.

Será realizadas apresentações culturais com a Orquestra Sanfônica de Parnamirim, Filarmônica Reis Magos Pium, grupos de capoeira e o Coral Som Ambiente, formado pela equipe técnica do IDEMA, e a escolha da Miss Cajueiro.

O Cajueiro

O maior cajueiro do mundo está localizado no distrito de Pirangi do Norte, município de Parnamirim. A árvore cobre uma área de aproximadamente 8500 m2, com um perímetro de aproximadamente 500 m. O cajueiro foi plantado em 1888, por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira. Pescador que morreu com 93 anos de idade, sob as sombras do cajueiro.


Foto aérea do Cajueiro de Pirangi (Foto: Divulgação)
SESCOOP/RN realiza recital musical com alunos em NatalAlunos do curso de flauta doce farão apresentação no dia 14

O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do RN (SESCOOP/RN) realiza o primeiro recital dos alunos do projeto Harmonia e Cooperação no próximo dia 14 na sede da instituição, localizada no bairro Nossa Senhora de Nazaré. O evento marca o encerramento da primeira etapa do projeto, que retorna em janeiro de 2018. 

O Harmonia e Cooperação iniciou a introdução à música instrumental com aulas de flauta doce, permitindo que os participantes tenham contato com um instrumento melódico, ajudando no desenvolvimento musical. 

O conteúdo do curso incluiu aulas de teoria e leitura musical, que estimula a criatividade e auxilia no desenvolvimento psicomotor e lateralidade. O Curso Flauta Doce é destinado para crianças de 09 a 13 anos. Os alunos matriculados participaram da primeira aula de iniciação musical em outubro.

Saiba mais

O Sescoop RN é o órgão voltado para a agilização do desenvolvimento das atividades junto às cooperativas. Atua dando suporte ao setor na profissionalização da gestão oferecendo orientações nas áreas de Formação, Monitoramente e Promoção Social. Tem presença permanente junto ao cooperativismo do Estado no esforço para a potencialização de resultados visando benefícios para cooperados, empregados e familiares


O conteúdo do curso incluiu aulas de teoria e leitura musical. (Foto: Assessoria)
Turismo religioso pretende reviver quatro bairros de NatalSete igrejas compõe um passeio que pode trazer recursos para a capital

O roteiro chamado Centro Histórico Sagrado de Natal, elaborado pela pasta municipal de Turismo e a Arquidiocese de Natal, foi apresentado aos integrantes do famtour, empresas de turismo de São Paulo e Santa Catarina, na tarde desta sexta-feira (1). Este roteiro, percorre sete igrejas entre Petrópolis, Ribeira, Centro e Alecrim, que contam um pouco da história da cidade, e que podem ser locais de peregrinação religiosa.

O grupo está em Natal conhecendo roteiros turísticos religiosos a serem trabalhados na capital potiguar, além dos municípios de São Gonçalo do Amarante e Canguaretama, roteiros que contam a história dos Santos Mártires de Uruaçu e Cunhaú, e também a cidade de Santa Cruz, onde está a imagem de Santa Rita de Cássia.

Em Natal, além do percurso Centro Histórico, existem ainda dois destinos, apresentados ao grupo em outra ocasião, como o Santuário dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, no bairro Nazaré, Zona Oeste da cidade, e a Paróquia Santuário de Nossa Senhora de Fátima, na Zona Norte de Natal. Na tarde desta sexta, os operadores de turismos e convidados das empresas, concluíram as visitas. Nas sete igrejas, de Nossa Senhora de Lourdes, Bom Jesus das Dores, Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, Matriz de Nossa Senhora da Apresentação, Igreja do Convento Santo Antônio, Igreja de São Pedro e Catedral Metropolitana, incluindo visita à capela do Santíssimo no subsolo da Catedral, o grupo conheceu a história dos locais, suas construções e restaurações e alguns personagens, e fez orações, recebeu bênçãos.

“As prefeituras e secretarias de Natal e de Santa Cruz também, em conjunto fizeram um roteiro e nos apresentaram, e convidamos algumas pessoas para que viessem e conhecem o destino. Num futuro muito breve a gente vai estar aqui com grupos, não só eu, mas também a empresa e Florianópolis, eu fico em São Paulo, e nós temos interesse, sim, e por isso que temos padre aqui, da paróquia de Santa Rita em Guarulhos”, afirmou a operadora de turismo, Reni Magliozzi, da empresa Platanus Turismo, que atua com o mercado de turismo religioso há mais de 20 anos. Ela demonstrou interesse pelos roteiros durante um evento realizado em junho passado para divulgar este tipo de roteiro.

“De tudo que a gente viu é extremamente viável”, avaliou Reni Magliozzi que, juntamente com Janete Ruviaro, da Benvenuto Viagens de Santa Catarina, também integrante do grupo, devem fazer alguns ajustes para oferecer pacotes que mesclam os roteiros religiosos com o lazer, incluindo praias, shows e compras de artesanatos.


Este roteiro, percorre sete igrejas entre Petrópolis, Ribeira, Centro e Alecrim. (Foto: Divulgação)
Natal: Balé do SESC celebra 30 anos com espetáculo no Teatro RiachueloEspetáculo "Uma Festa de Natal" com inspiração no Quebra Nozes tem participação de 324 alunas do SESC RN

Plateia superlota o Teatro Riachuelo e vivencia aspectos da magia do Natal através de um espetáculo de dança protagonizado por 324 bailarinas alunas do SESC RN.

A apresentação de fim de ano das turmas de balé do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (SESC RN), realizada na noite da última terça-feira, 21 de novembro, no Teatro Riachuelo, em Natal, é uma adaptação da peça de balé do escritor russo Tchaikosvki, O Quebra Nozes.

"Uma  Festa de Natal" celebra os 30 anos do balé do SESC RN, tem o protagonismo de alunos com idades que variam entre 4 e 17 anos. “O espetáculo Uma Festa de Natal tem grande dimensão artístico-social. Oportuniza o acesso à cultura, especialmente por se tratar de uma peça de balé baseada em um clássico, e promove a interação entre nossas bailarinas e as suas famílias. Para nós, é emocionante ver o produto de uma de nossas atividades tão bem trabalhado e com tanta qualidade”, destaca o diretor regional do Sesc, Nivaldo Pereira.

Para Iasmin da Cruz, 16, a apresentação foi ainda mais especial: ela foi escolhida para ser Clara, a protagonista. “Clara é muito sonhadora. Desde que iniciei no balé, sempre fui muito esforçada e sonhadora também. Clara combina comigo, acho que por isso fui escolhida. Estou muito feliz por isso.”, conta a bailarina, que começou a fazer balé no Sesc Zona Norte aos 7 anos de idade.

O espetáculo

"Uma Festa de Natal" é uma adaptação livre permeada por diversas simbologias natalinas, como o Papai Noel, o Menino Jesus em sua manjedoura e os três Reis Magos. Clara, na festa de Natal em sua casa, ganha do seu Tio, o Sr. Fritz, um boneco quebra-nozes, que depois se transforma em humano. A dupla então embarca em uma viagem mágica para conhecer o verdadeiro significado do Natal.

O espetáculo será apresentado novamente dia 15 de dezembro, às 18h, no Sesc Zona Norte. O evento será aberto ao público e terá entrada gratuita.

O balé no Sesc

As aulas de balé começaram no então Sesc Centro em 1987 com um número limitado de alunas. Hoje, dispõe de cerca de 340 vagas nas unidades Sesc Cidade Alta e Sesc Zona Norte, ambas em Natal. As aulas são voltadas a crianças a partir dos 4 anos de idade (baby class) e vão até o 5º ano, composto por jovens com até 17 anos.

As vagas são sempre prioritárias para dependentes de comerciários, e os valores subsidiados das mensalidades variam conforme a categoria no cartão de associado Sesc. As matrículas 2018 para veteranos(as) acontecerão em janeiro e, para novatos (as), terão início em fevereiro. Para mais informações, basta ir à central de relacionamento das unidades ou entrar em contato pelos telefones (84) 3214-7350 (Zona Norte) ou (84) 3133-0360 (Cidade Alta).


324 alunas do Balé do SESC RN fazem espetáculo empolgante no Teatro Riachuelo (Foto: Sistema Fecomércio RN)
Semana da Música: Orquestra Sinfônica da UFRN apresenta concerto gratuito de pianoO pianista Eli Cavalcante executará a obra Concerto para Piano de Edvard Grieg

A Orquestra Sinfônica da UFRN tem concerto oficial neste sábado, dia 25, dentro da programação de encerramento da Semana da Música 2017, da Escola de Música da UFRN. O evento na própria Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal,  começando às 19h30, com entrada gratuita.

A Sinfônica traz o pianista e aluno do curso de Bacharelado, Eli Cavalcante, que executa a obra Concerto para Piano, de Edvard Grieg. Também tem a participação dos compositores do Núcleo de Arranjos e Composições Bravo, da UFRN. São obras de professores como Danilo Guanais, Marcos Valera e Heather Dea, além de outros membros do grupo como Franklyn Thallyson e William Ciriaco.

Dando continuidade ao projeto de educação, a Sinfônica da UFRN promove uma palestra, às 18h30, sobre o repertório da noite. O ingresso será entregue a partir desta quinta-feira, 23, na Secretaria de Produção da Escola de Música da UFRN.


ão obras de professores como Danilo Guanais, Marcos Valera e Heather Dea, além de outros membros do grupo como Franklyn Thallyson e William Ciriaco. (Foto: Novo Jornal)
Escola de Currais Novos ganha espaço dedicado a cultura do cordelExpectativa é de que até o final de 2017, 110 escolas estaduais venham a receber cordeltecas

A Secretaria da Educação do RN contribui para o ensino com o projeto de cordeltecas nas escolas da rede estadual e no dia 20 deste mês inaugura mais um importante espaço para o cordel. A Escola Estadual Capitão Mor Galvão, em Currais Novos, ganha sua cordelteca em evento com a presença dos cordelistas Antonio Francisco e Kildemir Dantas.

O projeto de Cordeltecas, desenvolvido no âmbito da SEEC por meio da Subcoordenadoria de Ensino Médio e da Subcoordenadoria de Ensino Fundamental, tem financiamento de R$ 2 mil para as 110 escolas que organizaram as suas cordeltecas neste ano de 2017. A expectativa é de que essa importante ferramenta de leitura chegue as 610 escolas da rede estadual já em 2018.

Entre as ações do projeto, que leva o saber popular para o âmbito da escola, estão a realização de oficinas de cordel, publicação e lançamento de novas obras de cordelistas (entre alunos, professores e pessoas da comunidade), e ter a participação de cordelistas de reconhecido valor literário para proferir palestras à estudantes e professores.

A professora Geralda Efigênia, subcoordenadora de Ensino Médio, também cordelista, exprime em versos a presença do projeto nas escolas: “Esse projeto deu certo/As escolas aceitaram/Os cordéis já produzidos/ Nos tocaram e encantaram/Cada um mais bem escrito/Os estudantes mostraram/Cabe agora aos professores/E diretores de escolas/Junto aos seus coordenadores/Com seus pupilos, as molas,/Para um bom aprendizado/Trazer o verso rimado”.

O cordel tem também significativa importância no desenvolvimento de fundamentais competências para o desenvolvimento escolar do aluno contribuindo no interesse pela leitura, pela escrita, e ampliando a perspectiva de visão de mundo. Por representar uma atividade sempre agradável e livre para o alunado, o Cordel tem a condição de oportunizar momentos de satisfação e de protagonismo tendo como base a cultura do povo.

O projeto de Cordeltecas já está presente na Escola Estadual Padre Miguelinho (Natal), Escola Estadual Maurício Freire (São Paulo do Potengi), Escola Estadual Querubina Silveira (Cerro Corá), Escola Estadual Angelita Félix Bezerra (Lagoa Nova), Escola Estadual José Fernandes Machado (Natal), Escola Estadual Dr. José Gonçalves de Medeiros (Acari), Escola Estadual Sebastião Gurgel (Caraúbas).


O cordel tem também significativa importância no desenvolvimento de fundamentais competências para o desenvolvimento escolar do aluno. (Foto: Divulgação)
Delegação do RN participa de Jogos Escolares da Juventude em BrasíliaTodos os representantes potiguares foram selecionados na etapa regional dos Jogos da Juventude Escolar do RN

O Rio Grande do Norte vai levar 160 atletas, 21 técnicos e sete dirigentes para a etapa de 15 a 17 anos dos Jogos Escolares da Juventude, que acontecerá de 15 a 26 de novembro em Brasília. A apresentação oficial da delegação com 188 integrantes ocorreu nesta terça-feira (7) no auditório da Escola de Governo e contou com a presença do secretário de Estado do Esporte e do Lazer, Canindé de França.

"Esse já é o terceiro ano de Jogos Escolares da Juventude e mais uma vez o Governo do Estado mostra todo o seu empenho em enviar os seus melhores alunos/atletas para Brasília, enquanto muitas delegações irão de ônibus, a nossa viajará de avião, proporcionando toda a estrutura necessária para o melhor desempenho na competição. Dedicamos a todos boa sorte e que representem muito bem o nosso estado, trazendo muitas medalhas", disse Canindé.

Dentre os bolsistas está o campeão mundial de judô, Aldi Oliveira, que mandou um recado para os atletas. "Aí pessoal, não basta competir, tem que ser o melhor. Vamos em busca das medalhas de ouro para o Rio Grande do Norte", disse. O chefe da delegação será Cezar Nunes e o primeiro grupo que embarca para a capital do Brasil é o da modalidade individual (atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta Olímpica, natação, tênis de mesa e xadrez), no dia 15 de novembro. Os atletas das modalidades coletivas (basquete, futsal, handebol e vôlei) seguem no dia 20.

Todos os representantes potiguares foram selecionados na etapa regional dos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte (VI JUVERNs). Promovidos pelo Governo do Estado, por meio da SEEL, a competição de 2017 bateu novo recorde de participantes, atingindo a marca de 6.140 alunos/atletas, de 434 escolas públicas e privadas de 91 municípios, e alcançando um crescimento de 153% no número de participantes em três anos.

O maior evento esportivo estudantil do país reunirá em Brasília 4 mil atletas, 525 técnicos e 169 dirigentes de 1.357 escolas públicas e privadas de todo o Brasil. Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e apoio da Estácio e do Governo de Brasíla.


O Rio Grande do Norte vai levar 160 atletas, 21 técnicos e sete dirigentes para a etapa de 15 a 17 anos. (Foto: Tribuna do Norte)
Fecomércio RN e Senac premiam empresas com boas práticas de manipulação de alimentos Cerimônia de premiação da edição 2017 aconteceu na quarta-feira (1º), no Hotel Holiday Inn na cidade de Natal

O Programa de Almento Seguro (PAS) do Senac RN, instituição do Sistema Fecomércio, premiou na quarta-feira (1º) as empresas destaques do ano na manipulação de alimentos. O PAS certifica empresas de diversos segmentos que adotam boas práticas de manipulação e prodecimentos de  qualidade dos alimentos oferecidos à população. O evento ocorreu nas dependências do Hotal Holiday Inn em Natal.

O principal destaque do evento foi a Rede de supermercados Nordestão, maior vencedora nos segmentos de Distrituição e Mesa. Os supermercados da Rede Nordestão ganharam os prêmios da categoria Destaque pelas unidades: Alecrim, Petrópolis, Cidade Jardim, Lagoa Nova, Santa Catarina, Igapó, Tirol, Maria Lacerda e a Central de Panificação. Também ganharam o prêmio nesta categoria o supermercado Hiper Queiroz de Mossoró e Quality Distribuidora de Alimentos.

“É um prazer fazer parte do PAS e essa homenagem se estende aos gerentes das unidades que fazem cumprir o treinamento e orientações dadas pelos profissionais do Senac. O Nordestão tem duas fases, antes e depois da implantação do PAS”, afirmou o presidente da Rede Nordestão, Manoel Etelvino de Medeiros.

No segmento Mesa, oito unidades do Nordestão ganharam o Selo PAS 2017, como também as empresas Aliança Recepções, Ponta Distribuidora de Alimentos e Serviços, Meio Dia Refeições Industriais, PJ Refeições Coletivas e a Cafeteria Três Corações. Em nome das empresas, a gerente administrativa das cafeterias Três Corações no Rio Grande do Norte e Ceará, Deyse Ferreira, falou sobre a participação no PAS: “As cafeterias são o nosso cartão de visitas, é onde o consumidor prova os nossos diversos produtos. O PAS garante a qualidade na mesa do nosso cliente e queremos ser parceiro do Senac sempre”.

O diretor Regional do Senac RN, Fernando Virgilio, falou do investimento do empresariado no PAS, o que mostra a preocupação em oferecer o melhor para o consumidor. “Além da qualidade do produto, o bom atendimento, os empresários têm coragem de investir buscando sempre o melhor, principalmente no momento econômico que vivemos”, completou.

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, comentou que há 16 anos o Senac é o responsável em assegurar a excelência das boas práticas nas empresas do Comércio, Serviço e Turismo do estado, tornando-se referência. “Nós abraçamos o desafio de não apenas auditar, mas de ajudar e coordenar ações das empresas potiguares na empreitada de se adequar às exigências da certificação. Acredito que esta visão diferenciada do Sistema Fecomércio, através do Senac como entidade certificadora comprometida com o mercado potiguar, tem sido determinante para o sucesso de ambos os lados”, reforçou Queiroz.

 


Premiação das empresas ganhadoras do PAS 2017 (Foto: Fecomércio RN)
Projeto de aluno de Umarizal ganha primeiro lugar da Feira de Ciências do SemiáridoAntônio Luiz, da escola 11 de Agosto, desenvolveu um mecanismo que previne acidentes domésticos

Um tapete que ajuda a crianças a evitarem acidentes domésticos. Esse foi o projeto escolhido como primeiro lugar na categoria geral da VII Feira de Ciências do Seminário, realizada na última semana em Mossoró, e é de autoria do aluno Antônio Luiz de Menezes Soares, da escola estadual em tempo integral 11 de Agosto, localizada no município de Umarizal. Em sua segunda participação na feira, o estudante alcançou o mais alto posto dentre as premiações entregues na feira. 

Antônio Luiz disputou com outros 210 trabalhos, que contaram com a participação de 553 alunos e de 140 professores. “Algo que me orgulha muito. Queria que mais alunos tivessem o gosto que tenho pelo saber científico, pois, com a ajuda dos meus professores, sei que é possível desenvolver bons projetos”, explicou Antônio Luiz ao falar da satisfação em ter sido premiado. 

“É a segunda vez que trabalho com esta proposta. Na última edição da Febrace, eu levei o projeto do tapete e recebi muitas dicas e troquei ideias com jovens cientistas sobre como poderia aprimorar meu trabalho. Com isso, voltei a minha escola, conversei com meu orientador, e chegamos a versão 2.0 do experimento”. 

O tapete consiste em um dispositivo que emite sinal sonoro e realiza chamadas de voz assim que é detectado que uma criança, de 0 a 9 anos, pisou em área considerada de risco. “O pai recebe a notificação em seu celular caso não ouça o apito que o tapete emite, agindo de maneira mais rápida em uma situação de perigo”. 

Com o prêmio, o estudante se credenciou para participar de uma semana de atividades na Universidade do Minho, em Portugal, e para a Feira de Ciência e Tecnologia Mostratec, em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, evento considerado um dos maiores gêneros na América Latina. “Espero aprender muito com as oportunidades que estou conseguido por meio dos estudos”, disse Antônio. 

Para o professor orientador Walace Rodrigues, o resultado do projeto mostra que o esforço do aluno aliado com a confiança que a escola deposita nele pode gerar bons resultados: “Estamos muito felizes. Com muita dedicação e superação, pois para mim que sou professor de história tive que adaptar meus conhecimentos para ajudá-lo”, disse. 


Antônio Luiz disputou com outros 210 trabalhos, que contaram com a participação de 553 alunos. (Foto: Divulgação)
Junta Comercial registra aumento de novos empreendimentos no RNCom o fim de ano, o comércio sente o aquecimento no consumo e expande negócios

Com o fim do ano se aproximando, o comércio vive a expectativa de datas importantes como o Natal e o Ano Novo, essenciais para aumentar as vendas no período. Mas quando o assunto é o número de empresas abertas, nem precisa esperar tanto. O último trimestre apresentou números superiores de solicitação de abertura de comércios em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Junta Comercial do Estado.

Entre julho e setembro de 2016, foram 636 novos negócios. Já nos mesmos meses de 2017, foram 741, o que caracteriza um aumento de 16%. O destaque do período foi o mês de agosto, que saltou de 184, em 2016, para 289, em 2017, um acréscimo de 57%. Os dados não incluem o registro de Microempreendedor Individual (MEI).

O comércio de pequeno porte apresentou um aumento de 27%, em relação ao mesmo intervalo de 2016, enquanto a solicitação de abertura de micro-empresas teve aumento de 13% em comparação com o ano passado. Já as demais empresas (aquelas que não se enquadram no Simples Nacional) foram as que mais apresentaram solicitação de abertura nesse trimestre, em relação a 2016, 30% a mais.

Para a presidente da Jucern, Sâmya Bastos, medidas tomadas tem apoiado o empreendedorismo de forma efetiva, com medidas que facilitam a vida de quem deseja abrir o próprio negócio: "Um bom exemplo disso é o Escritório do Empreendedor, que integra os órgãos necessários no processo de registro empresarial em um único espaço e, além disso, ainda dispõe de serviços de crédito, graças a presença da Agência de Fomento do Estado", destaca Sâmya.

Fecomércio

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN, Marcelo Queiroz, acredita que o movimento de abertura de novas empresas reflete um momento de recuperação da economia. "Temos visto diversos indicadores neste sentido - como a retomada do crescimento das vendas do varejo, a redução da inflação e a queda nas taxas de juros médios praticados pelo mercado. O crescimento no número de novas lojas ratifica esta nossa percepção de que terminaremos este ano com um cenário bem melhor do que terminamos 2016 ou mesmo do que começamos 2017", pontua Marcelo.


O destaque do período foi o mês de agosto, que saltou de 184, em 2016, para 289, em 2017, um acréscimo de 57%. (Foto: Fala RN)
Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte faz apresentação nesta quarta-feira (25)A OSRN toca com a regência do maestro convidado Dian Trchobanov

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) realiza na noite da próxima quarta-feira (25) o VII Concerto Oficial do projeto Quartas Clássicas levando grande público ao Teatro Riachuelo em Natal. Com direção artística do maestro Linus Lener, o espetáculo trará grandes clássicos da música erudita. 

Esse mês a OSRN toca com a regência do maestro convidado Dian Trchobanov. Desde 2012, Tchobanov é professor convidado permanente na Universidade Normal da China Oriental, Xangai, China. Dian Tchobanov trabalha nas etapas das grandes cidades europeias, como Viena, Budapeste, Verona, Frankfurt, Estugarda, Meiningen, Amsterdã, Roterdã, Praga, Zagreb, Porto, Palermo, Skopije; também em Tel Aviv, Jerusalém, nos EUA, na China e no Brasil.

Ingressos

O primeiro lote de 510 ingressos foi distribuído gratuitamente através de reserva prévia no site da OSRN.  

O segundo lote contará com 300 ingressos e será distribuído para o público no dia 25 de outubro a partir do meio-dia na bilheteria do Teatro Riachuelo. As pessoas interessadas deverão apresentar seu CPF na bilheteria. Cada pessoa terá direito a retirar até 2 ingressos.

A entrega dos ingressos reservardos de forma on-line acontece entre os dias 23 e 24 de outubro, das 13h às 16h, na Fundação José Augusto (R. Jundiaí, 641 - Tirol, Natal - RN, 59020-120), mediante apresentação de documento com foto. Apenas o titular do CPF cadastrado poderá retirar os bilhetes de entrada para a apresentação.


Com direção artística do maestro Linus Lener, o espetáculo trará grandes clássicos da música erudita. (Foto: Paulo Fuga
Fábrica de polpas vai gerar emprego e renda na zona rural de Ceará-MirimO empreendimento tem como base a economia solidária, unindo diversos trabalhadores

O Assentamento São José de Pedregulho, a 13 quilômetros de Ceará-Mirim, vai ganhar uma agroindústria para fabricação de polpa de frutas no próximo mês. A iniciativa vai mudar a vida de 20 mulheres e suas famílias, que há anos esperam pela oportunidade de viver do próprio cultivo. A associação de produtoras rurais da comunidade foi selecionada em um dos editais públicos por meio do projeto Governo Cidadão, com recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

"Estamos apostando em uma mudança de vida muito grande para toda a comunidade”, diz Francisca das Chagas Silva, 50, presidente da associação e moradora do local há 17 anos. Os investimentos somam R$ 239 mil e incluem a construção de uma unidade de beneficiamento de frutas – já em fase final de obra - e aquisição de novos equipamentos que irão aumentar a produtividade em até 200%.

Um dos desejos da agricultora está ainda mais perto de se realizar. Ela espera começar a beneficiar as frutas em dezembro para, no ano que vem, realizar o sonho de ter todas as 20 mulheres do projeto recebendo pelo menos um salário mínimo. O grupo está concorrendo para fornecer parte da merenda escolar de São Gonçalo do Amarante e Jardim de Angicos e já tem outros clientes em vista. “Nossos primeiros ganhos serão distribuídos coletivamente, mas assim que estivermos mais fortes, quero que cada uma receba seu salário”, projeta.

As 20 mulheres produzem atualmente caju, manga, mangaba, goiaba e graviola, mas pretendem diversificar ainda mais. Com a fábrica de beneficiamento funcionando e dando resultado, o próximo plano é adquirir um carro baú refrigerado para fazer o transporte das polpas de frutas.

A dona de casa Ana Lúcia Rodrigues, 47, há 18 anos mora em São José de Pedregulho. Planta alface, coentro, pimenta e tomate-cereja para vender na comunidade e ainda depende dos recursos do Bolsa Família. Há pelo menos 15 anos, desde que a associação foi criada, espera uma boa oportunidade para as mulheres do local. “Estou feliz e ansiosa para começar, porque esperamos muito por isso. Daqui pra frente não vamos penar”, destaca.


Os investimentos somam R$ 239 mil e incluem a construção de uma unidade de beneficiamento de frutas. (Foto: Esplanada Agora)
Beneficiamento abre mercado e valoriza produção de tilápias no RNEspecialistas afirmam que há uma capacidade de processamento de pescado que poderia ser suprida por grupos de produtores unidos

Uma produção escassa decorrente de longos períodos de estiagem tem feito com que a tilápia, um peixe muito apreciado pelo consumidor do Nordeste brasileiro, seja comercializada nos próprios municípios produtores sem o beneficiamento que poderia agregar valor e garantir maior rentabilidade ao pequeno produtor potiguar. Uma abordagem sobre o beneficiamento e a comercialização da tilápia foi feita por dois especialistas para uma plateia de produtores rurais e piscicultores na abertura do Espaço Terroir do Sebrae, durante a Festa do Boi, que no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim.

O professor da Escola Agrícola de Jundiaí da UFRN e engenheiro de pesca Rodrigo Carvalho, explica que atualmente o beneficiamento é feito em pequenas unidades familiares e comercializadas no mercado local. Contudo, o Rio Grande do Norte recebe a tilápia de estados como Pernambuco e beneficia em indústrias fiscalizadas pelo Ministério de Agricultura e comercializadas para todo o país. Há em torno de dez indústrias de beneficiamento de pescado no estado.

Especialista em beneficiamento e nutrição de pescado, Rodrigo Carvalho, é vantajoso investir no processamento da tilápia, embora para o pequeno produtor às vezes seja mais vantajoso vender o peixe na feira, mesmo ficando limitado pelo pequeno volume. “O ideal seria a organização dos produtores em cooperativas ou associações e que eles beneficiassem uma quantidade maior em indústrias. Há uma capacidade ociosa de processamento de pescado que poderia ser suprida por vários produtores”, raciocina o professor.

A vantagem da indústria é realizar um processamento com maior qualidade e aproveitar todos os resíduos do peixe, porque a tilápia tem um aproveitamento em torno de 30% e a maior parte se torna resíduo, de onde se pode tirar mais 10% de carne, vísceras, espinhas e escamas que podem se transformar em produtos para alimentação animal, cosméticos e até a pele para tratamento de queimados. “Além do filé, há outros produtos que se pode fazer com a carne que sobra na carcaça do peixe, como bolinho e hambúrguer, por exemplo”, exemplifica.

Uma pesquisa de mercado com consumidores do Rio Grande do Norte apontou a higiene como requisito mais relevante no momento da compra. “Primeiro há uma preocupação maior com a higiene e depois com a conservação do produto. Isso faz com que as empresas que atendem aos requisitos dos órgãos fiscalizadores de qualidade sejam mais competitivas e tenham a preferência do consumidor”, relata Carvalho.

Custos

Produtor de tilápia em Upanema, José Bernardino explica que atualmente o custo de produção está em torno de R$ 8,00 o peixe inteiro, o que dá uma margem em torno de 20%. No comércio local e nas feiras chega a R$ 13,00 dependendo do tamanho do peixe. “O Estado importa a tilápia de São Paulo e é vendido mais barato do que o produzido aqui. Também chega peixe de 1,2 kg da Bahia que é vendido até R$ 6,80 ao consumidor final”, conta.

Quanto à demanda de consumo, o especialista em piscicultura garante que é alta, mas não há produção capaz de atender aos consumidores do peixe. Para compensar a pequena produção, o Rio Grande do Norte está importando de outros estados uma quantidade muito superior ao que se produz aqui. “Quem dita o preço é o mercado, com base na lei da oferta e da procura. Diante da importação de peixe de outros Estados, a produção local é distribuída através de intermediários que levam ao consumidor final”.


A vantagem da indústria é realizar um processamento com maior qualidade. (Foto: Projeto Colabora)
Estrada da Castanha ajudará no escoamento da produção de caju em Serra do MelA via, com projeto orçado em R$ 60 milhões, é esperada por moradores e produtores rurais desde a década de 70

Os moradores e produtores rurais de Serra do Mel, na região Oeste do Rio Grande do Norte, receberam uma notícia esperada desde a década de 70. A notícia, ainda em caráter de discurso, é alentadora. Durante lançamento de lançamento voltado para a Cajucultura e entrega de equipamentos à associação dos apicultores da Serra do Mel (Apismel), o governador Robinson Faria anunciou a construção da Estrada da Castanha, com valor da obrado orçado em R$ 60 milhões.

Com sua concretizçaão, a obra será importante para escoar a produção de caju e mel de abelha. Por enquanto, parceria firmada entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Governo do RN esá investindo cerca de R$ 500 mil em equipamentos para os apicultores da região. Serão entregues duas motocicletas, um caminhão baú, uma bomba para transferir o mel, duas empilhadeiras, entre outros itens. O uso será via termo de comodato entre Governo do Estado e Apismel com vigência de 10 anos.

Para a cajucultura, foram entregues insumos para a produção de mudas de cajueiro. A meta é que até o final de 2018 sejam replantadas 2 milhões de mudas da fruta. Somente na região de Mossoró, serão beneficiados 500 cajucultores, sendo 300 em Serra do Mel.

O investimento é de R$ 305 mil para produzir 420 mil mudas iniciais. Serão beneficiados, inicialmente, municípios próximos a Mossoró e Currais Novos.


A obra será importante para escoar a produção de caju e mel de abelha.(Foto: divulgação)
Turismo: Projeto Praia Limpa recolhe mais de 100 kg de lixo nas praiasO projeto reuniu 300 alunos de 11 escolas dos municípios de Baía Formosa e Canguaretama,

O projeto piloto encampado pela secretaria estadual de Turismo para conscientizar jovens sobre a importância da sustentabilidade do meio ambiente foi um sucesso. O “Praia Limpa Começa Aqui” reuniu 300 alunos oriundos de 11 escolas dos municípios de Baía Formosa e Canguaretama, que apenas durante algumas horas da manhã, conseguiram recolher 108 kg de lixo espalhados nas praias.

“É um projeto muito mais de conscientização do que de uma limpeza até simbólica das praias. Antes da mobilização organizamos palestras e uma espécie de gincana envolvendo o turismo sustentável para selecionar as escolas participantes. Também promovemos oficinas, bate papos com estudantes e outras ações de sensibilização”, enfatizou o titular da pasta estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

Durante bate papo com alunos no passeio do Barco Escola, em Barra de Cunhaú (distrito de Canguaretama), o secretário adjunto, Manuel Gaspar, agradeceu a parceria das instituições envolvidas e ressaltou que “hoje em dia é impossível falar em turismo sem mencionar o meio ambiente, sobretudo no turismo eminentemente ecológico, praticado aqui”.

Manuel Gaspar lembrou ainda que, segundo dados da ONU, o turismo gera 10% dos empregos no mundo. “A comunidade que entender a importância do meio ambiente para o turismo, seguramente estará à frente no processo de geração de empregos. E, de certa forma, o que vocês realizaram hoje aqui fomentará um benefício que, provavelmente, vocês mesmos poderão usufruir mais à frente”.

Também integraram a equipe da Setur RN a coordenadora da Assessoria Técnica, Carla Dutra, a subcoordenadora de Fortalecimento Profissional, Cristiane Dantas, e Mércia Motta, chefe da Unidade Instrumental de Finanças. A ação contou com a parceria da secretaria estadual de Educação, do Idema, do Senac e das prefeituras municipais de Baía Formosa e Canguaretama.

Participaram do projeto, em Baía Formosa, as escolas estaduais Águida Sucupira, Paulo Freire, e Manoel Germano dos Santos; e as escolas municipais João Anacleto Filho e Manoel Francisco de Melo, esta última do distrito de Sagi. E, de Canguaretama, as escolas C.E.R. Roberto Magalhães de Melo, Matias Maciel, Guiomar Vasconcelos, 04 de Março, Fabrício Maranhão, e Felipe Ferreira.


Ação ambiental nas praias do RN. (Foto: Assessoria)
Indicados ao Troféu Cultura serão divulgados durante festa na PinacotecaSolenidade contará com shows musicais e divulgação também dos jurados de cada categoria

A lista dos cinco indicados em cada uma das 14 categorias do Troféu Cultura será divulgada no próximo 7 de outubro (sábado) durante solenidade realizada nos jardins da Pinacoteca do Estado. Artistas e imprensa convidados estarão presentes para conferir também os shows de Dani Negro e Jaina Elne e convidados . Encerrada a festa, todos os nomes serão publicados no site Papo Cultura ( http://papocultura.com.br/ ) e a votação estará aberta.

A organização do Troféu Cultura selecionou dois jurados especialistas em cada área para definirem os cinco nomes que irão concorrer em suas categorias. E para proporcionar mais transparência ao processo de escolha, o nome de cada jurado também será divulgado junto aos indicados. O sistema de votação adotado e hospedado no Papo Cultura também será mais seguro para evitar possíveis erros e fraudes.

As listas já foram definidas. Exceção à categoria Artista do Ano e as três de teatro: Melhor Ator, Melhor Atriz e Melhor Espetáculo. Isso porque até 30 de setembro acontece a quinta edição do festival O Mundo Inteiro é um Palco – excelente oportunidade aos jurados e a coordenação do Troféu, responsável pelo Artista do Ano, conferirem mais de perto a produção teatral potiguar e concluírem suas escolhas.

A festa de entrega dos troféus - este ano produzios pelo artista plástico Fábio Di Ojuara - acontecerá no suntuoso palco do Teatro Riachuelo, no mês de dezembro, em data a ser definida. O roteiro e conceito da solenidade estão sendo montados, com shows locais e nacional, convidados especiais e cerimonial. A direção ficará a cargo do cineasta, produtor cultural e jornalista Edson Soares.

Esta será a 14ª edição do Troféu Cultura. Desde sempre o intuito da premiação foi dar visibilidade ao artista potiguar. Para este ano, serão produzidos outdoors e banners para divulgação em diferentes plataformas de mídia. Releases sobre todos os indicados e suas categorias também serão divulgados e distribuídos para um mailing com quase dois mil endereços eletrônicos.

“Independentemente de quem vença, todos ganham com a exposição, com o envolvimento da classe e do público. Vale mesmo é a celebração”, ressalta o idealizador do Troféu, Toinho Silveira. Ele ressalta que a produção será possível graças à aprovação do projeto nas leis de incentivo cultural Câmara Cascudo (Estado) e Djalma Maranhão (Município), com patrocínios de Cosern, Comjol, Unimed, Hospital do Coração e apoio cultural de STA Motors, Suvinil, Faculdade Maurício de Nassau e cerveja Stella Artois.


A organização do Troféu Cultura selecionou dois jurados especialistas em cada área. (Foto: Elias Medeiros)
Prova ciclística de Mossoró atrai atletas de todo o Brasil68ª edição da Prova Ciclística Dix-Sept Rosado ocupa hotéis e pousadas e aquece economia local

A 68ª edição da Prova Ciclística Dix-Sept Rosado, realizada no sábado (23) e no domingo (24), atraiu competidores de diversas regiões do país movimentando o setor hoteleiro de Mossoró e aquecendo a economia local, incluindo o mercado informal.

Segundo informações da assessoria de comunicação da Prefeitura de Mossoró, a segunda competição mais antiga de ciclismo do Brasil, fez com que hotéis e pousadas da cidade fossem ocupados e deu grande impulso ao comércio de ambulantes.

“Todos os anos eu saio de Fortaleza e venho pra Mossoró acompanhando meu filho que é ciclista, e aproveito para comercializar meus produtos que são lanches, refrigerantes, águas, e ainda camisas e blusas que os atletas costumam usar nessas competições. Venho acompanhando meu filho e ainda consigo gerar renda pra minha família”, explicou dona Eulália Arruda.


Competição atrai ciclistas de todo o Brasil (Foto: Carlos Costa)
Governo do RN utiliza um milhão de reais nas feiras de livro de Natal e Mossoró610 escolas estaduais serão beneficiadas com a oportunidade de ampliarem seus acervos

Nos próximos dias 21 a 24 de setembro, a região oeste receberá a 13ª Feira do Livro de Mossoró. O evento espera receber 86 mil estudantes da Rede Estadual da região para participar da feira e as escolas poderão realizar compras para seus acervos através do Vale-Livro. No total serão investidos um milhão de reais nas feiras de livro de Natal e Mossoró por meio de transferência de recursos para contas das escolas.

Além de pretender o fortalecimento das bibliotecas escolares, o Vale-Livro incentiva a produção local, uma vez que 40% das aquisições das instituições de ensino precisam ser obras de autores potiguares.

A programação da feira conta com  bate-papos, lançamento de livros, festival de poesia, exposição, contação de histórias, dança e música. A Educação do RN beneficiará escolas das regiões de Angicos, Currais Novos, Caicó, Assu, Mossoró, Apodi, Umarizal e Pau dos Ferros.

“Cada equipe pedagógica terá uma autonomia para escolher os livros que sejam mais interessantes para os seus acervos. Dessa forma, a Secretaria de Educação deseja que cada gestor tenha um olhar crítico para a escolha dos livros”, declarou a secretária Cláudia Santa Rosa.


Vale-Livro busca incentivar a produção local. (Foto: Divulgação)
85% dos pequenos negócios vão manter contratações, diz Sebrae25% vão contratar novos empregados e 60% não devem alterar a quantidade de funcionários, contra 15% que pretendem demitir

A expectativa de aumentar, ou pelo menos manter, o quadro atual de funcionários está crescendo entre os donos de micro e pequenas empresas. Pesquisa trimestral mostra que, nos próximos 12 meses, 25% vão contratar novos empregados e 60% não devem alterar a quantidade de funcionários, contra 15% que pretendem demitir.

A mesma sondagem mostra que 66% dos empresários acreditam que a economia vai melhorar ou permanecer como está nos próximos 12 meses.

O resultado é melhor do que o da última edição da pesquisa, realizada em junho, quando 82% afirmaram que não pretendiam reduzir a quantidade de empregados.

De acordo com o levantamento do Sebrae, o aumento do percentual de expectativa de contratação de pessoal ocorreu em todos os setores da economia, com destaque para o da construção civil.

O estudo também constatou um incremento do otimismo do empresariado, acompanhado da crença de crescimento do faturamento para os próximos 12 meses. Cerca de quatro em cada dez empresários acreditam que o faturamento da empresa irá melhorar, contra 23% que preveem uma piora. Comparado ao resultado da pesquisa anterior, houve aumento do percentual de entrevistados que acreditam em aumento da receita, frente à redução dos pessimistas.

Ainda de acordo com a pesquisa, 36% dos empresários apostam que a economia vai melhorar nos próximos 12 meses, 30% avaliam que vai permanecer como está e 32,4%, que vai piorar. Além disso, a maior parte dos entrevistados se mostra otimista com o futuro da sua empresa: 46,4% enxergam perspectivas de melhoria para o próprio negócio.

Para a realização da Sondagem Conjuntural dos Pequenos Negócios foram ouvidos 2.978 microempreendedores individuais (MEI) e donos de micro e pequenas empresas, optantes e não pelo Simples Nacional, das cinco regiões brasileiras.


A mesma sondagem mostra que 66% dos empresários acreditam que a economia vai melhorar (Foto: Wellington Rocha)
Programa pretende reduzir alta taxa de analfabetismo no Rio Grande do NorteVergonha: Estado conta com 15,76% de analfabetos em sua população, segundo o IBGE

Na próxima terça-feira (12), no auditório da Escola de Governo, às 9h, o Governo do Estado através da Secretaria Estadual de Educação e Cultura lança o Programa RN Alfabetizado. O objetivo da iniciativa é reduzir os índices de analfabetismo por meio de parcerias com órgãos públicos, sociedade civil organizada e o próprio cidadão individualmente. Para isso vai assinar na ocasião, um termo de cooperação, chamado de Pacto pela Alfabetização dos Potiguares- PactoAlfa.

“O Pacto pela Alfabetização dos Potiguares - PactoAlfa vai contribuir de modo significativo para a conquista da cidadania plena dos potiguares”, destacou a secretaria de Educação do RN, Cláudia Santa Rosa.

Através do RN Alfabetizado, o Governo do Estado pretende garantir que em quatro anos, se alfabetize 100% das crianças de até 7 anos de idade e reduzir em 50% em até 4 anos, e em 100% até 2025, a taxa de analfabetismo absoluto de pessoas a partir dos 15 anos, promovendo a inclusão delas na educação de jovens e adultos.

Durante o lançamento do Programa, também ocorrerá a assinatura do Termo de Parceria com a Fundação Telefônica Vivo que contempla os projetos Inova Escola, Escolas Conectadas e Pense Grande, que promovem a formação continuada de gestores e professores, além de levar diversos conteúdos para reflexão e crescimento dos estudantes.

Dentro da programação de lançamento, haverá também o Lançamento do Vale-Livro 2017, inserido no projeto RN Mais Leitor e a entrega simbólica do Vale-Livro, no valor de um milhão de reais para que todas as escolas da rede estadual de ensino adquiriram livros nas Feiras de Livros de Natal e Mossoró.

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

Com o programa, o governo espera melhorar a taxa de analfabetismo no Rio Grande do Norte, que atualmente, de acordo com o IBGE, é de 15,76% e aumentar o índice de leitura do Estado, que é de 63,34%, conforme dados da pesquisa do Instituto Certus e Instituto de Desenvolvimento da Educação- IDE.

“Esse programa é mais uma ação adotada pelo governo do estado no sentido de avançar no cumprimento das metas do Plano Estadual de Educação (PEE) para o período de 2016-2025 ”, destacou Santa Rosa.

PROJETOS

Atualmente o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, possui um leque de projetos em andamento e através do PactoAlfa os órgãos públicos, privados e sociedade civil que aderirem poderão colaborar e, ou, apresentar um de iniciativa própria.

Alfabetização com Qualificação Social e Profissional, Alfabetização de jovens, adultos e idosos, Alfabetizo você, Alfabetização e Letramento, Rn Mais Leitor são alguns dos projetos integrantes do PactoAlfa.


RN contará com cinco programas de alfabetização. (Foto: Instituto Alfa e Beto)
Desfile Cívico Militar de 7 de setembro encerra festividades da Semana da PátriaO 3° Distrito Naval de Natal estimou que 15 mil pessoas assistiram a exibição das Forças Armadas.

No mês da cidadania, a Semana da Pátria reúne uma ampla jornada de eventos que priorizam o amor ao país. Na manhã de hoje (7), os natalense prestigiaram o tradicional desfile de independência, realizado na Praça Pedro Velho, popularmente conhecida como Praça Cívica, localizada no bairro de Petrópolis. Neste ano a Marinha do Brasil foi a responsável pelo desfile. 

7set-164 O 3° Distrito Naval de Natal, que coordena o evento este ano, estimou que 15 mil pessoas assistiram a exibição das Forças Armadas. Nesta quinta-feira, o Brasil celebrará 195 anos de independência, declarada oficialmente de Portugal a 7 de setembro de 1822, às margens plácidas do riacho Ipiranga, em São Paulo, pelo Imperador Dom Pedro I.

7set-008

Os eventos em homenagem a independência começaram no dia 1º de setembro, com a cerimônia de abertura da Semana da Pátria. No dia 4 foi a vez da celebração à Pátria, a ser realizada na Academia Norte-Riograndense de Letras às 10h. No dia seguinte (5), autoridades, educadores e alunos participaram da cerimônia de hasteamento do Pavilhão Nacional que aconteceu na Praça do Centro Administrativo, às 9h, em Lagoa Nova. 

IMG000000000159339

Dez escolas da Rede Estadual de Educação estiveram envolvidas nas festividades relativas a independência do Brasil, desde a abertura da Semana da Pátria, solenidade de hasteamento do Pavilhão Nacional e o desfile cívico-militar de 7 de setembro. Farão parte das atividades as Escolas Estaduais Nestor Lima, Winston Churchill, Jean Mermoz, Profª Lourdes Guilherme, Aldo Fernandes de Melo, Zila Mamede e Judite Bezerra. Também estarão atuando nas solenidades o Colégio Estadual do Atheneu Norte-Riograndense, o Instituto Padre Miguelinho e o Centro Educacional Alferes Tiradentes.

7set-101


O Brasil comemora 195 anos de sua independência.(Fotos: Márlio Forte)
Currais Novos sedia seminário sobre mudanças nas leis trabalhistasEvento promovido pela Fecomércio teve o objetivo de tirar dúvidas dos empresários da região Seridó do RN sobre o que muda na nova legislação

Seminário leva informações sobre a reforma das leis trabalhistas ao município de Currais Novos, região Seridó do RN. Promovido pela Fecomércio RN, o seminário "Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Porque mudou?" aconteceu na sexta-feira (1º), na Casa do Empresário, sede da CDL e do Sindivarejo de Currais Novos.

O evento reuniu mais de 150 produtores da região Seridó e serviu para esclarecer dúvidas sobre o que traz de novo o novo conjunto de leis trabalhistas que entra em vigor ainda este ano. O professor especialista em Direito e Processo do Trabalho Marcelo de Barros Dantas foi o palestrante e, na oportunidade, apresentou casos semelhantes com julgamentos distintos. “A CLT causa uma insegurança jurídica e a nova legislação diz o que pode e o que não pode, tanto para o empregador como para o empregado. O empresário e o trabalhador devem se atentar a fazer boas negociações”, alertou o advogado.

“A nova legislação vai dar segurança para o empreendedor investir no Brasil e precisamos disso! A nossa reforma tem inspiração nas mudanças internacionais, que deram bons resultados, como na Alemanha. Um estudo que foi publicado na última semana fez um parâmetro com economias mundiais e o Brasil, com as novas leis trabalhistas, e o resultado foi o crescimento na empregabilidade, no Produto Interno Bruto e outros indicadores”, comentou o deputado relator da Reforma Trabalhista, Rogério Marinho, que marcou presença no seminário.

“A modernização das leis trabalhistas era uma necessidade urgente para o Brasil, que trava uma batalha para se reerguer. Eventos como esse, como o que fizemos em Natal, serve para expor todos os detalhes da modernização e mostrar na prática o que realmente mudou tanto para o patrão como para o empregado”, ressaltou o presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz.

A série de seminários sobre a nova legislação trabalhista brasileira tem promoção da Fecomércio RN, Fiern, Faern, Fetronor, Facern, Sebrae e FCDL.


Seminário sobre reforma trabalhista em Currais Novos (Foto: Fecomércio RN)
Museu Café Filho reabre com exposição de artista plástico alemãoO espaço é um marco na origem arquitetônica de verticalização urbana em Natal

O Museu Casa Café Filho voltou a receber um grande evento depois de oito anos fechado. Nesta quinta-feira (31), o espaço foi reaberto com a exposição do artista plástico alemão Marek Mann, em solenidade que contou com a presença do governador Robinson Faria.

A entrega do equipamento, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), é parte de uma série de obras com o objetivo de resgatar instituições e patrimônios que fortalecem a cultura do estado. Um dos exemplos é o próprio Museu, que abrigou a casamata sindical do presidente Café Filho, e é um marco na origem arquitetônica de verticalização urbana em Natal, já que foi o primeiro sobrado construído na cidade.

O Museu também se tornou plataforma para o lançamento de um movimento poético, em 1960, o Poema Processo, que juntou artistas potiguares e cariocas numa revolução que até hoje gera inovações na arte literária.

Para o governador Robinson Faria, a entrega da estrutura, restaurada e pronta para receber novas exposições, é motivo de comemoração, sobretudo para a classe artística. “A recuperação do Museu é um resgate histórico e cultural, um espaço que o nosso governo devolve à sociedade. Conversei com alguns artistas e eles estão alegres e admirados com o prédio, o que justifica o nosso esforço. Mais do que restaurar, estamos valorizando e modernizando um local de forte difusão cultural”, disse.


O Museu também se tornou plataforma para importantes movimentos culturais em 1960. (Foto: Divulgação)
Produção artística com alunos do Contemporâneo lota o Teatro RiachueloProdução "Livro, Câmera, Ação", com a participação de mais de 500 alunos, faz a adaptação de grandes obras da literatura nacional que já viraram filmes

Mais de 500 artistas estudantes dividem o palco do Teatro Riachuelo, em Natal, para a produção "Livro, Câmera, Ação", iniciativa e realização do Complexo Educacional Contemporâneo. O projeto faz a adaptação de 13 obras de língua portuguesa que já viraram filmes. O show de protagonismo juvenil, de inovação pedagógica e de criatividade artística aconteceu na noite da terça-feira (29), a partir das 19h30.

Presentes no espetáculo obras de autores consagrados como Graciliano Ramos, Mário de Andrade, José Saramago, Dias Gomes e José de Alencar. Estão adaptados com seus escritos transformados em  música, teatro e dança, pelas mãos do competente coreógrafo Dimas Carlos. O espetáculo ainda conta com figurinos marcantes, recursos hightech para cenografia e efeitos especiais.

A diretora geral da produção, professora Irany Xavier de Andrade, contou que a preparação para o “Livro, Câmera, Ação!” acontece desde fevereiro, quando houve uma verdadeira imersão dos estudantes do Contemporâneo nas obras e o início dos ensaios. “Cada número leva artistas e espectadores para dentro da obra adaptada. Teremos a oportunidade de reunir 13 diferentes histórias e visões de mundo, deixando todos mais ricos culturalmente”, destaca Irany.

Todas as dependências do teatro foram lotadas por uma platéia formada basicamente por familiares e  amigos dos alunos do Contemporâneo.  A vencedora do Fest Show (categoria B) foi a equipe do 9º Ano da unidade de Lagoa Nova, que apresentou o trabalho “Ensaio Sobre a Cegueira”, do escritor José Saramago. Já pela categoria A, a equipe vencedora foi a formada por alunos da 7ª série, também da unidade de Lagoa Nova, como o trabalho “Auto da Compadecida”, do escritor nordestino Ariano Suassuna.

Mesmo levando em consideração que estabelecer uma competição em um evento dessa magnitude é coisa desnecessária, mas para fazer valer a condição de Festival de Cultura, o Contemporâneo convicou uma comissão julgadora formada por jornalistas e artistas. Fizeram parte da comissão, entre outros, os jornalistas jornalistas Tadeu Oliveira e Eugenio Parcelii, além de Diana Fontes, Anna Thereza Miranda e Carlos Furtado. 

“Livro, Câmera, Ação!” corresponde à 12ª edição do Fest Show, projeto artístico-pedagógico desenvolvido pelo Colégio Contemporâneo desde os anos 1990. Os ingressos para o espetáculo estão à venda na bilheteria do Teatro Riachuelo.


Estudantes encenam adaptações de nomes consagrados da literatura brasileira (Foto: Divulgação)
Colégio Contemporâneo leva a literatura para o Teatro RiachueloO projeto "Livro, Câmera, Ação" coloca mais de 500 artistas estudantes no palco do Teatro Riachuelo, em Natal

Mais de 500 artistas estudantes dividem o palco do Teatro Riachuelo, em Natal, para a produção "Luz, Câmera, Ação", iniciativa e realização do Complexo Educacional Contemporâneo. O projeto faz a adaptação de 13 obras de língua portuguesa que já viraram filmes. O show de protagonismo juvenil, de inovação pedagógica e de criatividade artística acontece na terça-feira (29), a partir das 19h30.

Estão presentes no espetáculo obras de autores consagrados como Graciliano Ramos, Mário de Andrade, José Saramago, Dias Gomes e José de Alencar. Estão adaptados com seus escritos transformados em  música, teatro e dança, pelas mãos do competente coreógrafo Dimas Carlos. O espetáculo ainda conta com figurinos marcantes, recursos hightech para cenografia e efeitos especiais.

A diretora geral da produção, professora Irany Xavier de Andrade, conta que a preparação para o “Livro, Câmera, Ação!” acontece desde fevereiro, quando houve uma verdadeira imersão dos estudantes do Contemporâneo nas obras e o início dos ensaios. “Cada número leva artistas e espectadores para dentro da obra adaptada. Teremos a oportunidade de reunir 13 diferentes histórias e visões de mundo, deixando todos mais ricos culturalmente”, destaca Irany.

“Livro, Câmera, Ação!” corresponde à 12ª edição do Fest Show, projeto artístico-pedagógico desenvolvido pelo Colégio Contemporâneo desde os anos 1990. Os ingressos para o espetáculo estão à venda na bilheteria do Teatro Riachuelo.


Grande espetáculo artístico dos estudantes do Contemporâneo no Teatro Riachuelo (Foto: Divulgação)
Mossoró: Prefeitura faz investimento de 300 mil reais na Feira do LivroCada professor da rede municipal receberá um cheque-livro de R$ 100 para aquisição visando seu próprio acervo

A Prefeitura de Mossoró anunciou na última quinta-feira (24) um investimento superior a R$ 300 mil na Feira do Livro do município, que acontece no período de 21 a 24 de setembro. Serão investidos, por meio da Secretaria da Educação do município, R$ 308 mil na forma de cheque-livro.

Metade do valor será de exclusividade do professor que receberá um cheque-livro de R$ 100,00 para aquisição do seu próprio acervo. Os outros 50% serão destinados às escolas e unidades de educação infantil para a aquisição do acervo das bibliotecas.

A Feira do Livro de Mossoró chega agora em 2017 a sua 13ª edição, e é o maior evento do gênero no Rio Grande do Norte. Será realizada nas dependências do Partage Shopping Mossoró. A edição de 2016 aconteceu no enorme espaço da Expocenter, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), atraindo cerca de 50 mil pessoas durante sua realização.

"Recebemos o convite da Superintendência do shopping para a levar a feira como parte da programação dos 10 anos do empreendimento, e além disso, os próprios expositores acharam positiva a experiência de 2013 e agora decidimos voltar a realizar o evento neste local que está nos dando todo apoio", explicou Rilder Medeiros, idealizador da Feira do Livro de Mossoró.


Feira do Livro de Mossoró é a maior do gênero no RN (Foto: O Mossoroense)
Mossoró: Escola municipal é campeã dos Jerns regionalEtapa regional dos Jerns 2017 é conquistada, no Handebol infantil masculino, pela Escola Municipal Rotary, desbancando os colégios particulares

A equipe de Handebol infantil masculino da Escola Municipal Rotary, do bairro Santo Antônio, conquistou no último sábado (26), na quadra de esportes do Centro Educacional Aproniano Martins de Oliveira (Ceamo), em Mossoró, o título de campeã da etapa regional dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jerns), edição 2017. Na oportunidade, a equipe da Escola Municipal Rotary derrotou os donos da casa, o time do Ceamo pelo placar de 17 x 11.

A vitória na final da competição garante o título de campeão na categoria infantil masculino (de 13 a 16 anos) e a classificação para a etapa estadual dos Jerns 2017 que acontece em Natal, em data ainda não confirmada pelo órgão responsável pela competição, a Coordenadoria de Desporto (Codesp) da Secretaria da  Educação do RN.

“Estamos credenciados a representar Mossoró e enfrentar times de outras cidades do estado na etapa final, e se tudo der certo seremos campeões. Eu acredito muito na garra desses meninos que demonstraram muita força na etapa regional e venceram equipes de escolas particulares”, destacou o professor Carlos Eduardo, técnico da equipe.


Equipe vencedora do Handebol nos Jerns 2017 em Mossoró (Foto: Divulgação)
Jandaíra: Mais Negócios leva empreendedorismo a pequenos agricultoresCapacitação é feita através de parceria firmada pelo Instituto EDP com o Sebrae RN

O programa Mais Negócios do Instituto EDP em parceria com o Sebrae RN chega à Jandaíra, região Mato Grande do Estado, com o objetivo voltado para a capacitação de empreendedores  em comunidade formada basicamente por pequenos agricultores. O programa fica em Jandaíra desta segunda-feira (28) até sexta (1º de setembro), com atendimento das 19h às 22h, no Ginásio Poliesportivo Vereador Francisco Martins de Melo. As incrições, que são gratuitas, devem ser feitas na Câmara Municipal de Jandaíra.

Conduzido pelo Instituto EDP, braço cultural e sócioambiental da empresa EDP Brasil, o Mais Negócios vai propiciar durante sua passagem por Jandaíra, uma semana de curso, consultoria e palestra para o empreendedorismo sustentável

A iniciativa pertence ao projeto EDP Renováveis Rural que é realizado junto às comunidades do entorno das Centrais Eólicas "Baixa do Feijão" e desenvolvido em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (Sebrae/RN) e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A ação é organizada pela EDP Renováveis com apoio do Instituto EDP, organização que coordena as ações socioambientais do Grupo.

“Com o Mais Negócios, os pequenos agricultores e empreendedores de Jandaíra terão a oportunidade de vivenciarem experiências e aprenderem habilidades e competências que o ajudarão na administração de seus negócios”, explica Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

EDP Renováveis Rural

O programa, que tem a meta de incentivar a geração de trabalho e renda em propriedades familiares do semiárido potiguar, teve início em janeiro de 2017 e deve se estender até julho de 2018. O objetivo é proporcionar capacitação profissional, fortalecimento da governança local e promoção de acesso a novos mercados.

Os agricultores participantes passam por uma série de formações, que ensinam trabalho em cooperativa, como negociar no campo, técnicas de controles financeiros e custos da produção.


Programa Mais Negócios em Martins, regiões oeste do RN (Foto: Martins do Povo)
Quartas Clássicas apresenta boleros mexicanos em concerto inéditoAlém do acompanhamento da Orquestra Sinfônica do RN, três sopranos latinas cantaram grandes canções do repertório mexicano

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) realizou na noite passada (23) o V Concerto Oficial do projeto Quartas Clássicas levando grande público ao Teatro Riachuelo em Natal. Com a regência do maestro Linus Lener, o espetáculo passeou por famosos boleros mexicanos de autoria da compositora Maria Grever.

A apresentação foi aberta pelo tema de Abertura da peça Die Fledermaus, composta pelo austríaco Joan Strauss II. A grande surpresa da noite ficou por conta da participação de três sopranos latinas: Liliana Del Conde (México), Andrea Cortes-Moreno (México) e Elizabeth Rodriguez Berrios (Porto Rico).

Com interpretações de boleros mexicanos, os presentes puderam ouvir clássicos como Despedida, Czardas (Die Fledermaus), Cuando vuelva a tu lado e o encerramento foi marco pela canção Nessun Dorma, retirada da obra Turandot, de autoria de Gioachino Puccini (Itália). No bis, a plateia pode ouvir Bésame mucho da cantora mexicana Consuelo Velásquez. 


A apresentação foi aberta pelo tema de Abertura da peça Die Fledermaus. (Foto: Paulo Fuga)

Santana do Seridó tem evento de Educação Ambiental do IdemaProjeto "Meu Município, Meu Ambiente" é direcionado a gestores, alunos, professores e comunidade

O Projeto “Meu Município Meu Ambiente”, realizado pela equipe de educação ambiental do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA), promove atividades na cidade de Santana do Seridó até a tarde desta sexta-feira (25). O objetivo do projeto é conscientizar gestores municipais, professores, alunos e toda a população para a responsabilidade ambiental e desenvolvimento de projetos neste âmbito. As atividades foram iniciadas na terça-feira (22).

O projeto com a participação especial do Museu Itinerante de Tartarugas, de Cabo de São roque. Diversas atividades acontecem nas tendas instaladas na praça central da cidade. São oficinas de reaproveitamento de resíduos sólidos, oficina de brinquedos ecológicos e produtos de limpeza sustentável exposição de literatura, artesanatos e artes plásticas. No período da noite, a partir das 19h tem o  Cinema na Tenda.

Segundo a subcoordenadora de educação ambiental do Idema, Silvana Gomes, a iniciativa oferece o pontapé inicial para que os municípios se fortaleçam e passem a desenvolver um trabalho contínuo nesta área. “O objetivo de toda a programação destinada aos moradores dos municípios que visitamos é fortalecer o papel de agente multiplicador. Nossa responsabilidade é cuidar do meio ambiente, e por isso, a disseminação de ideias em educação ambiental é a principal ferramenta”, afirmou Silvana.


Atividades de informação e formação sobre preservação ambiental (Foto: Divulgação)
Lei que regulamenta produção de queijo no RN é destaque na mídia nacionalA lei “Nivardo Mello” contempla mais de 300 queijeiras do Estado, impulsionando o trabalho de pequenos produtores

A regulamentação da produção e comercialização dos queijos artesanais no Rio Grande do Norte foi destaque no jornal Estadão. A lei nº 10.230, de autoria do deputado Hermano Morais (PMDB) e aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa mantém a tradição artesanal da produção existente, consolida a preservação da cultura gastronômica, e favorece a economia rural por meio da geração de emprego e renda.

“É o legislativo potiguar como exemplo para outros estados. A nova legislação trata, entre outras coisas, das condições para a produção de queijos e manteiga artesanais, visando assegurar a qualidade e a inocuidade dos produtos. Uma das exigências é a utilização de leite proveniente de rebanho sadio, que não apresente sinais clínicos de doenças infectocontagiosas. A presença de produtores de queijos artesanais nos programas de desenvolvimento profissional e de qualidade e higiene sanitária é outro requisito abordado”, ressalta Hermano Morais.

A postagem da coluna Paladar, no portal do Estadão, destaca a produção de queijo no Seridó. De acordo a Agência de Desenvolvimento do Seridó (Adese), a região produz mensalmente 74 mil quilos de queijos de coalho, 236 mil quilos de queijo de manteiga, 506 quilos de ricota e 22 mil litros de manteiga de garrafa, empregando 1.056 pessoas. Estima-se que há mais de 350 queijarias artesanais potiguares, sendo que 311 estão nos 28 municípios do Seridó.

A lei “Nivardo Mello” contempla mais de 300 queijeiras do Estado, impulsionando o trabalho de pequenos produtores e, consequentemente, a economia do RN.

Os desafios da regularização também foram abordados na matéria. O próximo passo é definir os papéis de cada setor e para colocar em prática alguns itens exigidos na lei. De acordo com o Sebrae, por exemplo, há um centro tecnológico do queijo em Currais Novos, na região do Seridó, que praticamente não tinha função e que será reativado em breve.


Os desafios da regularização também foram abordados na matéria. (Foto: SEBRAE)
Projeto inovador Cinesolar realiza projeções em cidades do RNO inovador projeto itinerante estará presente em Joâo Câmara e São Miguel do Gostoso com projeções cinematográficas com o uso da energia solar

Visitando pela primeira vez o Rio Grande do Norte, o Projeto Cinesolar estará presente nas cidades de João Câmara na quinta-feira (24) e em São Miguel do Gostoso na sexta (25). O projeto é uma iniciativa inovadora brasileira de cinema itinerante que exibe filmes a partir da energia solar. Nas duas cidades a programação tem Oficinas de Cinema para jovens, apresentação de um grupo folclórico da região e exibição de curtas premiados e do longa metragem “O Milagre de Santa Luzia”. A entrada é franca e aberta a todos. Durante as sessões de cinema acontece também a Eco Estúdio Solar - exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van Cinesolar Tupã e de todo o projeto.

O Cinesolar utiliza energia limpa e renovável para exibições de filmes, unindo arte, cinema e sustentabilidade. Tudo funciona a partir de uma van equipada com placas solares que possibilitam, através de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição de filmes e apresentações artísticas. No interior do veículo, há 100 assentos para o público, telão com metragem de 200 polegadas, sistema de projeção e som e até um estúdio de gravação. Quando chegam aos locais de exibição tudo é retirado da van e o cinema é montado em lugares como praças públicas e quadras esportivas. Em cada evento do Cinesolar haverá também um pipoqueiro, com distribuição gratuita de pipoca, para que as pessoas possam ter uma experiência completa da ida a uma sessão de cinema.

O projeto é realizado pela Brazucah Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal, através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e tem o Patrocínio da CPFL Energia (Companhia Paulista de Força e Luz), com o apoio da CPFL Renováveis e do programa Raízes. (Veja no release, boxes com a programação em cada cidade.)

As oficinas de cinema acontecem das 14h às 17h, e são voltadas para jovens de escolas do município e região; na sequência a exibição de premiados curtas metragens, das 18h às 18h45; apresentação às 18h45 de um grupo folclórico local e, a partir das 19h, a exibição do longa-metragem “O Milagre de Santa Luzia”, dirigido por Sérgio Roizenblit, uma viagem pelo Brasil que toca sanfona, conduzida por Dominguinhos, principal sanfoneiro vivo do País. A entrada é franca e aberta a todos.

O projeto Cinesolar integra o Circuito CPFL, projeto do Instituto CPFL, que promove as mais variadas manifestações culturais e artísticas pelo interior do País, sempre com entrada gratuita. Até o final de 2017, o Circuito CPFL passará por 85 cidades em diversos estados do País.

Depois do RN, o projeto segue para as cidades mineiras de Açucena, dia 14 de setembro, e Delfim Moreira, no dia 20 de setembro. Em outubro, segue para cidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Oficina Solar

Na oficina solar, evento exclusivamentge voltado para jovens de escolas do município e região, é realizada uma introdução ao audiovisual e ao desenvolvimento de um roteiro de cinema. Durante a oficina os jovens produzem um curta-metragem, que é exibido à noite, junto com os outros filmes da programação. 

Exposição tecnológica sustentável

Durante o evento acontece também a Eco Estúdio Solar - exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van Cinesolar Tupã e do projeto. Dentro da van, infográficos e monitores mostram como funciona o carro e são passadas informações sobre os princípios básicos da energia solar (por exemplo: como a energia solar se transforma em energia elétrica). Além disso, são mostrados produtos de sustentabilidade e tecnologias renováveis, com aplicações práticas no dia-a-dia, como um instigante relógio de batatas.

O Cinesolar

Em aitividades desde o 2013, o Cinesolar realizou 449 sessões e 133 oficinas em 245 cidades brasileiras, ultrapassando 70 mil espectadores. A economia de energia elétrica chega a 171 KW, equivalente a mais de três mil horas de uma geladeira ligada. Além de realizar sessões sustentáveis, as temáticas dos filmes trazem a sustentabilidade à tona.

O Cinesolar é a primeira iniciativa de cinema itinerante que funciona através de energia renovável, aliando a difusão cultural e meio ambiente. O projeto conta com os também com os seguintes apoiadores: Surya Brasil, Academia Ecofit, GIZ, Instituto Ideal, Fundação Holandesa Doen, Solar World Cinema, Festival Curta Brasília e da Ecooar (por isso, todas as sessões do Cinesolar têm a compensação de carbono em uma área de reflorestamento no interior de São Paulo).  Tem ainda o apoio tecnológico da Sices Solar e o apoio Institucional da Mercedes Benz. Nos eventos, a Brazucah tem a parceria da Associação Cultural Simbora e da Semearte Productil. Nesses eventos, o Cinesolar conta também com o apoio da Prefeitura de cada cidade.

“O Brasil tem um incrível potencial em energias renováveis. E por que não se beneficiar no campo do entretenimento, das artes e da cultura? Nosso objetivo é, além de democratizar o acesso à produção audiovisual nacional, trabalhar com ações sustentáveis que multipliquem a conscientização ambiental e mostrem a força que a energia solar tem por aqui”, diz Cynthia Alario, idealizadora e coordenadora do projeto.


O projeto inovador Cine Solar mobiliza a cultura por meio da utilização de energia renovável (Foto: Divulgação)
Natal: José Pastore defende reforma trabalhista em seminário da FecomércioO especialista José Pastore falou para uma platéia de cerca de 1.200 pessoas formada por representantes de entidades, empresários e profissionais liberais

“Reforma promove liberdade com proteção e beneficia principalmente os trabalhadores”, disse José Pastore, na palestra proferida no evento da  Fecomércio RN que contou com a presença de cerca de  1.200 pessoas, entre empresários, representantes de entidades, advogados e profissionais de RH

“O grande trunfo destas novas regras é permitir liberdade de negociação mantendo a proteção aos trabalhadores e garantindo segurança jurídica para eles e para as empresas. E isto tem um impacto brutal no aumento da competitividade das empresas e na possibilidade de abertura de novos postos de trabalho”. Afirmou o professor e especialista em relações do trabalho José Pastore.

O Seminário ocorrido na segunda-feira (21), no Holiday in Arena, em Natal, teve como tema "Modernização das Leis Trabalhistas: O que mudou? Por que mudou?", teve também como convidado o deputado federal Rogério Marinho, retator da Reforma Trabalhista na Câmara Federal.

Falando antes de José Pastore, o deputado Rogério Marinho defendeu a reformulação das leis ao dar exemplos de outros países, como Alemanha e a Espanha, que tiveram boas experiências quando aumentaram a liberdade de negociação entre empregados e empregadores.  Outra justificativa exposta foi o que chama de “excesso de tutela”. Segundo ele, o estado protege os trabalhadores acima do ideal, chegando a prejudicá-los, além de inibir a produtividade. Marinho também procurou desconstruir algumas “inverdades” que vêm sendo pregadas acerca da mudança na Legislação Trabalhista. “Cansei de ouvir pessoas virem me dizer que tirei direito dos trabalhadores. Mas quando estas pessoas me dão a chance de uma conversa, rapidamente eu tenho conseguido fazê-las ver que isso simplesmente não existe. Não foi retirado sequer um direito dos trabalhadores. Pelo contrário. Estamos defendendo o maior direito que é do emprego”, afirmou ele.

José Pastore fêz críticas ao princípio da hipossuficiência do trabalhador e o Judiciário. “A Justiça é para aplicar a lei, não é para fazer lei. Os juízes não foram escolhidos pela sociedade para legislar, eles não foram eleitos. Os deputados foram”, disse Pastore, referindo-se às críticas que a reforma tem recebido por parte do Ministério Público do Trabalho. 

Direito e dever

Em sua palestra, Pastore disse que comparou na Constituição Federal quantas vezes aparecem as palavras “direito” e “dever”. O placar foi 76 a 4, o que o faz acreditar que existiu um equívoco na concepção das leis brasileiras. Ele diz também que contou apenas 2 vezes o termo “produtividade” e apenas uma vez a palavra “eficiência”. 

Pastore ressaltou ainda que o Brasil tem 4 milhões de ações trabalhistas e isso se deve à rigidez das leis. São 17 mil sindicatos e 35 partidos políticos, completou. “Estas ações trabalhistas acabam comendo uma parte do lucro das empresas. Na hora que ela não tem lucro, ela não investe. E, se não investe, não gera emprego.  Conflito tem muito a ver com emprego. O caminho é esse”, alerta, ao explicar que uma lei pode prejudicar ou estimular o ambiente de negócios. As regras obsoletas fizeram com que metade dos 40% que recebem os menores salários estão na informalidade. E 20% deles estão desempregados. 

Na opinião do especialista, muitas questões são resolvidas com a modernização, que traz racionalização do processo judicial, inclui aqueles que até então não eram contemplados pela Lei – com a regularização de trabalho remoto, terceirização ampliada e trabalho intermitente – e a expressão que elegeu como chave para definir a mudança: “liberdade com proteção”, vista na livre negociação, preservando os direitos constitucionais. 

“O novo conjunto legal tem a ambição de moralizar a Justiça Trabalhista e reduzir os gastos das empresas com conflitos, com a consequente redução do Custo Brasil. Isto deve levar ao aumento os investimentos, da produtividade e da oferta de empregos, com maior segurança jurídica”, disse ele.

Série de eventos

O presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, informou que as instituições empresariais irão formatar uma série de eventos semelhantes ao do Seminário da segunda (21), que irão percorrer as principais cidades do interior potiguar. “O nosso foco é dirimir dúvidas e mostrar ao maior número de pessoas a realidade sobre as mudanças na legislação. Tenho certeza de que, conhecendo estes detalhes, não teremos sequer um trabalhador contrário à modernização”, disse Queiroz.


Seminário da Fecomércio: objetivo é divulgar teor da reforma trabalhista (Foto: Divulgação)
Mossoró deve ganhar projeto Cidade InteligenteConvênio assinado pela prefeita Rosalba Ciarlini visa a implantação da Rede Giga Metrópole na maior cidade do Oeste potiguar

A implantação da Rede Giga Metrópole está mais perto de sua tornar uma realidade na cidade de Mossoró, a segunda maior do Rio Grande do Norte. Convênio assinado pela prefeita Rosalba Ciarlini na tarde da terça-feira (15) em solenidade no auditório da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) para a implantação da Rede Giga Metrópole vai garantir a utilização do softwarde Cidade Inteligente. 

A ideia das autoridades mossoroenses é que com  a utilização da Rede Giga Metrópole vários serviços municipais, como transito, saúde, edducação e segurança, sejam interligados para facilitar o acesso da população. 

O Giga Metrópole é um sistema que contém infraestrutura de comunicação de dados em alta velocidade com o objetivo de esttimular o desenvolvimento e o uso de serviços avançados. 

"A união da Prefeitura com as universidades é fundamental. Nós queremos uma cidade inteligente. Iniciamos pelo ônibus inteligente, que auxilia e orienta os usuários nas paradas, e agora com o lançamento da Rede Giga Mossoró, vamos aperfeiçoar esse trabalho", disse Rosalba Ciarlini.

A solenidade de assinatura contou com as presenças de representantes da Ufersa, UERN, IFRN e UFRN.


Giga Metrópole vai garantir comunicação de dados em alta velocidade (Foto: Divulgação)
Natal: atletas de escola estadual representam RN nos Jogos brasileirosAlunos da Escola Isabel Gondim estão classificados para representarem o Estado na Luta Olímpica nos Jogos Escolares da Juventude, em Curitiba

Escola Estadual Isabel Gondim, localizada no bairro das Rocas, em Natal, tem atletas classificados para a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, que será realizado no mês de setembro, em Curitiba.

Jaine Gabrielly, Iury Honório e Amanda Pereira, todos com 14 anos, são atletas de Luta Olímpica na modalidade estilo livre. Em julho, os atletas foram campeões na modalidade nos Jogos da Juventude Escolar do Rio Grande do Norte (Juverns), realizado em Macaíba.

Os atletas entraram no esporte à convite de amigos que já praticavam a luta na escola. Hoje com uma rotina diária de estudos e treinos de 1h30 durante três dias na semana, os atletas já observam mudanças em sua vida, como o desempenho no colégio por causa da disciplina exercida no esporte.

Para Amanda Pereira, a menina tímida que quase não falava quando iniciou os treinos, são muitas as expectativas para o certame nacional em Curitiba. “Eu assisto vídeos de luta quase todo dia e espero muita coisa da competição”, disse Amanda.

Iury Honório é o mais antigo, já pratica o esporte há três anos e tem total apoio de sua família. Jaine Gabrielly está no esporte há um ano mas já tem sonhos para o futuro no esporte.

O técnico Fernando Antonio, que desde 2012 desenvolve trabalho voltado para a Luta Olímpica em escolas da rede estadual, explica que o Juverns é um celeiro de talentos, uma oportunidade ímpar para os atletas. São essas competições, de alto rendimento, que levam os atletas a se aperfeiçoarem na modalidade construindo uma nova etapa de vida.

Os Juverns, etapa estadual dos Jogos Escolares da Juventude, são realizados pela Secretaria do Esporte e do Lazer do RN.


Técnico vitorioso Fernando Antonio e atletas do RN medalhistas nos Jogos Brasileiros (Foto: Blog do Erivan Justino)
Caravana Ecológica mobiliza Almino AfonsoPopulação do município do Oeste potiguar participa das atividades de educação ambiental levadas pela iniciativa do Idema

As tendas da Caravana Ecológica, projeto realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), presentes no município de Almino Afonso, Médio Oeste do RN, desde a última quarta-feira (16), estão movimentando a população local que mostra interesse nos assuntos de preservação ecológica. A Caravana fica no município até esta sexta (18).

As tendas contam com uma estrutura para o desenvolvimento de atividades educativas como minibiblioteca, oficina de artes, espaço ciência, curso de educação ambiental, exposição de trabalhos, apresentações teatrais e a realização de o Cinema na Praça, no período da noite.

“O principal objetivo da Caravana Ecológica é contribuir com o conhecimento da população para que ela tenha acesso às informações e discuta os problemas ambientais globais e de sua região, através da promoção de atividades educativas e recreativas”, destaca a coordenadora de educação ambiental do Idema, Silvana Gomes.


Caravana do Idema em Almino Afonso (Foto: Divulgação)
Jorge Ivan Barbosa, o jornalista educomunicadorO incansável descobridor de pautas positivas da escola pública

Incansável descobridor de pautas positivas sobre a escola pública, Jorge Ivan Barbosa pautou sua carreira profissional pela real opção de divulgar a Educação com nítidas marcas populares.

Um dos poucos profissionais do Rio Grande do Norte que figura e é reconhecido como educomunicador, título dado a jornalistas especializados em coberturas educacionais e que se engajam em defesa do ensino público. No trabalho, mostrava apego verdadeiro pela pasta da Educação do Estado e se portava sempre com generosidade para com as pessoas, independente de posições hierárquicas ou sociais.

Como servidor público, com quase 30 anos de atividades profissionais, Jorge Ivan fez opção preferencial pela produção de matérias que procedessem verdadeiramente do chão da escola. Vibrava quando encontrava ações relevantes que enalteciam professores e estudantes na Escola Pública. Nessa trajetória de competência e de seriedade, produziu centenas de textos mostrando que a Escola Pública tem valor e é, como nenhuma outra, estimuladora do talento genuíno. Matérias que repercutiram em todo o Estado, em jornais, rádios, televisão, sites. É um dos criadores do blog “Anote RN”, principal veículo de divulgação direta na internet dos fatos que ocorrem no segmento da Educação Pública no Estado.

Abecedista convicto, Jorge Ivan estava emplacando mais um sucesso profissional, desta feita em defesa do futebol do Rio Grande do Norte: o blog Clássico Rei, vinculado ao Portal Foco Nordeste. Criado a menos de dois meses, o blog Clássico Rei desponta como um dos líderes de acesso em seu segmento no Estado e isso tem muito a ver com o empenho do experiente profissional e profundo conhecedor de futebol que sempre foi Jorge Ivan Barbosa. No blog Clássico Rei, Jorge Ivan tem como parceiro o jornalista Tadeu Oliveira.

Jorge Ivan Barbosa, aos 62 anos de idade, faleceu na madrugada dessa quinta-feira (16), de infarto. Era casado e pai de um filho.


Tadeu Oliveira e Jorge Ivan Barbosa no evento Top of Mind 2017 da Revista Foco Nordeste
Jerns 2017 começa com regionais nas cidades de Apodi e UmarizalConsiderados o maior do gênero no país, os Jogos Escolares do Rio Grande do Norte mobiliza mais de 20 mil atletas

Os Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (Jerns), considerado o maior do gênero no país, faz abertura da sua 47ª edição com as regionais sediadas nas cidades de Umarizal e Apodi, no médio oeste do Estado.

As solenidades de abertura dos jogos ocorreram na última sexta (11) no ginásio municipal de Umarizal, e na terça-feira (15) no ginásio de esportes de Apodi, mobilizando centenas de alunos/atletas.

As competições acontecem nas categorias mirim (10 a 12 anos), infantil (13 a 15 anos) e juvenil (16 a 18 anos). Este ano as modalidades disputadas são badmington, futsal, futebol de areia e society, handebol de quadra e de areia, volei de areia e quadra, tênis de mesa, judô, caráter, xadrez, ciclismo, basquete, jiu-jitsu, luta olímpica e atletismo.

Os campeões em cada modalidade por categoria e naipe, se classificam para a fase final dos Jerns que será disputada em Natal, no período de 20 a 31 de outubro.

Os jogos estão sendo realizados nas regionais de Umarizal, Pau dos Ferros, Apodi, Caicó, Assu, São Paulo do Potengi, Nova Cruz, Mossoró, Santa Cruz, Currais Novos e Macau. Foram inscritos um total de 20.651 atletas de 635 escolas de todo RN entre estaduais, municipais, particulares e federais. Os Jerns são promovidos e realizados pela  Coordenadoria de Desportos da Secretaria da Educação do RN.


Abertura dos Jerns 2017 na regional sediada em Apodi
Natal: Cidade da Criança terá projeto aprovado pelo CNPqProjeto é uma exposição interativa baseada na Matemática que será apresentada em evento no período de 23 a 29 deste ano

Governo do RN anuncia aprovação do CNPq, órgão do Ministério da Ciência e Tecnologia, do Projeto "Exposição Interativa A Matemática está em Tudo", proposto pela Fundação José Augusto. O projeto será apresentado na Cidade da Criança,durante a 14ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – SNCT

O evento científico se realizará de 23 a 29 de outubro 2017, com ênfase na interatividade sobre as relações da Matemática com diversas ciências, como Química, Física, Astronomia e Biologia. Aprovado com boas notas, o projeto receberá recursos no valor de R$ 20 mil para custeio de pessoal e equipamentos.

A exposição, que será instalada no antigo Museu de Taxidermia localizado no parque, se destina a auxiliar estudantes do Ensino Fundamental e Médio por meio da compreensão da Matemática. O projeto apresenta quatro salas (sala de vídeo, Sala Força e Movimento, Sala Céu e Terra e Sala da Vida), cujos trabalhos e temas estarão voltados para a Matemática

Com a colaboração do professor e astrônomo José Roberto de Vasconcelos Costa, a exposição estará aberta ao público e contemplará agendamentos para escolas do ensino Fundamental e Médio e o público em geral. 


Cidade da Criança vai abrigar projeto aprovado pelo CNPq (Foto: Canindé Soares)
Natal: Seminário discute modernização das leis trabalhistasEvento promovido pela Fecomércio terá a presença de José Pastore, considerado um dos maiores especialistas sobre o tema

O Sistema Fecomércio promove Seminário sobre a modernização das Leis Trabalhistas com a presença de José Pastore, considerado um dos maiores especialistas sobre o tema no país. O evento acontece na seguda-feira (21), no Hotel Holliday Inn, bairro de Lagoa Nova, Natal.

Na oportunidade, empresários, empreendedores e trabalhadores poderão tirar suas dúvidas sobre o que muda com as novas leis trabalhistas. Com a sanção da nova Lei, cujas novas regras passam a vigorar a partir de novembro próximo, passa a existir a real necessidade de trabalhadores e empregadores saberem o que de fato irá mudar. Quais serão os cenários possíveis que se apresentarão com as novas regras valendo.

O objetivo principal do Seminário é tirar todas as dúvidas existentes com relação a nova legislação trabalhista. O evento e feito pela parceria do Sistema Fecomércio com as federações das Indústrias, da Agricultura, dos Transportes; com as associações comerciais, clubes de diretores lojistas, Associação Comercial do RN e Sebrae.

Além de José Pastores, estará presente no debate o deputado Rogério Marinho (PSDB), relator da Reforma Trabalhista na Câmara Federal.

“Já alcançamos uma vitória com a aprovação da reforma trabalhista. Agora temos que mostrar, esclarecer que a reforma é benéfica para todos, tanto para os empregadores quanto para os trabalhadores, e que ela abre um enorme caminho para que possamos ampliar a oferta de vagas de trabalho no mercado. E para colocar isso de forma bastante didática e elucidativa, convidamos o José Pastore, que é uma das maiores autoridades do país no assunto”, ressalta o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

O seminário  é dirigido apenas para convidados prévios e cada instituição envolvida irá fazer a distribuição de senhas-convite aos seus associados, diretores e público de relacionamento.

Reforma trabalhista

Segundo o Sistema Fecomércio RN, a Consolidação das Leis Trabalhistas, que regia as relações entre patrão e empregado, é de 1943 e passou por algumas alterações, mas nenhuma que acompanhasse o avanço tecnológico e os novos modelos de trabalho.

Com o novo conjunto de leis, entre outras coisas, está sendo regulamentada a possibilidade de novas formas de contratação, como o trabalho intermitente e a criação de regras para home office. A jornada de trabalho também pode ser negociada, sem ultrapassar os limites da Constituição, férias podem ser divididas em até três períodos, os acordos coletivos podem trocar os dias dos feriados e o intervalo de almoço pode ser reduzido a um mínimo de 30 minutos. As conquistas da classe trabalhadora, como 30 dias de férias, 13º salário, FGTS, descanso semanal remunerado e licença-maternidade, estão preservadas.

Pastore

José Pastore é doutor Honoris Causa em Ciências e PhD em Sociologia pela University of Wisconsin, nos Estados Unidos. Atuou também como pesquisador da Fundação Instituto de Administração (FIA) e da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), ligadas à FEA. José Pastore é licenciado e bacharel em Ciências Sociais pela USP, mestre na mesma área pela Escola Pós-Graduada de Sociologia e Política de São Paulo. É especializado em Pesquisa, Ensino e Consultoria nas áreas de Relações do Trabalho, Emprego, Recursos Humanos e Desenvolvimento Institucional, tendo publicado mais de 30 livros nas áreas de Relações do Trabalho e Recursos Humanos.

 


José Pastores é o palestrante e debatedor de evento sobre nova Lei Trabalhista (Foto: Corecon)
Educação RN: Secretários articulam fórum na Região MetropolitanaSecretários de Macaíba e de Natal estudam criação de um fórum de gestores municipais da Educação na Região Metropolitana

Secretários de Educação de Natal e de Macaíba articulam a criação de um fórum de secretários da Região Metropolitana. A ideia é tratar em conjunto os desafios e necessidades das pastas de Educação de toda a Região Metropolitana tendo em vista a real situação de cortes de verbas no plano federal e a crescente demanda pelo ensino de crianças e jovens na área que mais cresce e de maior população no Rio Grande do Norte.

Os entendimentos entre Domingos Sávio de Oliveira, secretário de Educação de Macaíba, e Justina Iva, secretária de Educação de Natal, começaram por ocasião do 16º Fórum Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, realizado de 08 a 11 deste mês na cidade de Fortaleza, no Ceará. O evento reuniu mais de 2 mil secretários municipais de todas as regiões do país. Na pauta, os desafios que surgem para o cumprimento do Plano Nacional de Educação como elemento importante na garantia do direito à educação de todos e de cada um.

Desafios que aumentam com os mais de 40 vetos do governo federal na versão sancionada na quarta-feira (09) da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018. A LDO orienta como serão realizados os gastos públicos no próximo ano. O Plano Nacional de Educação (PNE), por sua vez, é uma lei que disciplina quais são as metas que devem ser alcançadas pelas esferas federal, estadual e municipal.

“Levantamento realizado por entidades do setor apontam que apenas 20% dos objetivos previstos para até 2017 foram cumpridos dentro do PNE. Para enfrentar esse grande desafio nacional e outros que são comuns a tantos municípios brasileiros Justina e eu dialogamos sobre a constituição de um fórum de secretários da região metropolitana para debatermos ações conjuntas que possam ser construídas visando a melhoria da educação pública municipal na região metropolitana”, informou Domingos Sávio.


Justina Iva e Domingos Sávio iniciam articulações visando o fórum na região metropolitana
Aluno da UFRN ganha prêmio na Informática MédicaO estudante Vitor de Godeiro Marques, do Instituto Metrópole Digital da UFRN, vence prêmio de melhor trabalho em andamento em evento nacional de Computação na área da Sáude

Estudante de bacharelado em Tecnologia da Informação do Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Vitor de Godeiro Marques, ganha prêmio de melhor trabalho em andamento no 17º Workshop de Informática Médica ocorrido em São Paulo (SP) no mês de julho. O evento aconteceu em paralelo ao 37º Congresso da Sociedade Brasileira da Computação e reuiniu pesquisadores , estudantes, professores e profissionais interessados na computação na área da Saúde.

O trabalho “Segmentação Semi-Automática de Úlceras para Terapia Larval”, estudo sobre um algoritmo de segmentação semiautomática de imagens de úlceras para auxiliar a Terapia Larval, desenvolve a ideia de a partir de fotos da úlcera tiradas de um smartphone, o software realize a aferição da área de necrose e indique quantas larvas e quantas aplicações devem ser realizadas para cada paciente.

A premiação é um feito considerável para o aluno de graduação, principalmente por se tratar de um trabalho que envolve três áreas distintas de pesquisa: computação, saúde e biologia. O trabalho de Vitor Marques foi desenvolvido em um projeto interdisciplinar envolvendo os docentes Bruno Santana (IMD), Bruno Motta (DIMAP), Renata Gama (CB) e a enfermeira Julianny Ferraz (HUOL).

A terapia larval consiste na utilização intencional de formas imaturas de moscas desinfectadas, criadas em laboratório para a limpeza e remoção de tecidos desvitalizados em feridas com difícil cicatrização, tais como úlceras de pé diabético, úlceras pós-cirúrgicas infectadas, úlceras de decúbito, úlceras por estase venosa e em queimaduras. Essa terapia, pioneira no Brasil, já vem sendo utilizada no tratamento de pacientes do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) desde 2011. Agora essa iniciativa recebe um reforço da computação.

Atualmente, milhares de pacientes com úlceras de difícil cicatrização vêm sendo tratados com terapia larval nos Estados Unidos, Austrália, Israel e vários países da Europa.


Trabalho de aluno da UFRN tem reconhecimento no Workshop de Informática Médica em São Paulo - SP (Foto: Divulgação)
IFRN sedia Olimpíada de RobóticaEtapa estadual da Olimpíada nacional acontece nas dependências do Campus Natal Central do IFRN nos dias 19 e 20 deste mês

O Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) sedua a etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que acontece nos dias 19 e 20 deste mês no Campus Natal Central, localizado em Lagoa Nova.

A 11ª edição da etapa estadual irá selecionar as melhores equipes de escolas públicas e privadas para representar o estado em Curitiba na fase nacional da Olimpíada Brasielria de Robótica.

A competição, com entrada gratuita, acontecerá nas quadras Campus Natal Central do IFRN, das 8h às 18h. As equipes do nível médio irão competir no sábado, dia 19, e as do fundamental, no domingo, dia 20.

Estarão competindo na etapa estadual 198 equipes do Rio Grande do Norte. A OBR abrange duas modalidades competitivas: Prática e Teórica. Na modalidade Prática, os competidores terão de construir e programar um robô que deve vencer obstáculos para salvar vítimas em um ambiente que simula um cenário de demolição.

O evento tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), do IFRN, e o patrocínio das empresas Robô Ciência e RoboEduc.

No mesmo período o IFRN estará promovendo a primeira Competição de Robótica para nível superior do RN e a 1ªMostra Nacional de Robótica – Regional RN que contará com 21 projetos de alunos da educação infantil ao ensino superior das mais diversas áreas: desde cordéis com a temática da Robótica à projetos na área de automação residencial.

A programação do evento conta ainda com uma apresentação de dança com robôs e um show da física com o professor do CNAT, Amadeu Albino Junior, conhecido como "Mago da Física".


Estudante observa robô na etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (Foto: 12ª Direc)
Pan-americano 2017: atleta atalense é chance de medalha no KaratêLucas Eduardo de Oliveira, 15 anos, é o único brasileiro selecionado em sua categoria, Cadete, na grande competição do desporto do Continente

O estudante Lucas Eduardo de Oliveira, de apenas 15 anos, é o único brasileiro a disputar os jogos do Campeonato Pan-americano deste ano, na categoria cadete de Karatê, que abrange jovens de 14 e 15 anos com menos de 70kg. Os jogos acontecem este mês em Buenos Aires, Argentina.

Lucas, que  tem reais chances de ser medalhista na competição, é aluno do projeto Karate e Justiça ao alcance de todos (KAJU), desenvolvido pela Associação dos Magistrados do Trabalho da 21ª Região (Amatra21) em parceria com o Governo do Estado, através do RN Vida.

O atleta passou pelas seletivas nacionais, no Amazonas, em julho deste ano. “Venho treinando muito e estou vindo de uma temporada boa", ressaltou. Toda terça e quinta ele comparece aos treinos do projeto, servindo de exemplo e inspiração para os vinte jovens que também participam das aulas.

Há seis anos se dedicando ao esporte, sua trajetória teve início no Instituto Padre Miguelinho, escola pertencente a rede de ensino do Governo  do RN, localizada no bairro do Alecrim, em Natal. A influência veio do tio e treinador Rafael Oliveira. “Esse resultado se deve há muito esforço e dedicação dele. Apesar de jovem, já tem uma história de luta e superação dentro do esporte. Só em ele estar na competição, já se torna um vencedor”, considerou o treinador.

A dedicação de Lucas reflete em seus resultados. Além do bicampeonato (2015 e 2016) nos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (JERNS), ele é tricampeão brasileiro (2011, 2012 e 2013), e vencedor nos campeonatos Pan-americano de Karate (2013) e Mundial de Karate (2014), realizados na Argentina.

E para o projeto KAJU, Lucas só tem elogios. “Eu vejo as aulas gratuitas como uma possibilidade de novos caminhos para os jovens, pois abrem portas para muitos que não teriam perspectivas ou oportunidades. E até nos modifica como pessoa, por que o esporte faz isso”, afirma o atleta.

RN Vida

Com a coordenação do Gabinete Civil do Governo do Estado, o Centro Integrado de Esporte e Cultura RN Vida está em funcionamento desde 2013 e atende a cerca de 600 crianças e adolescentes com aulas de natação, judô, futsal, vôlei, jiu-jítsu, karatê, ginástica rítmica, ginástica aeróbica, capoeira, dança, música e artes plásticas. São alunos de escolas públicas que tenham entre 7 e 16 anos. As aulas acontecem de segunda a sexta no antigo CAIC, em Lagoa Nova, Natal.


Cerimônia de entrega de faixa. Karatê tem grande presença em Natal. (Foto: CEI Mirassol)
13 anos do Teatro Municipal Dix-Huit RosadoComemoração é marcada por espetáculos e homenagens na cidade de Mossoró

O majestoso Teatro Dix-Huit Rosado, sonho dos mossoroenses que se tornou realidade, chega aos seus 13 anos de existência na quinta-feira (10) com uma programação comemorativa que reúne espetáculos e homenagens. Localizado no Corredor Cultura da cidade, o teatro é um verdadeiro marco de orgulho para os mossoroenses.

O dia de comemoração começou às 9h com a visita dos alunos da rede municipal à exposição fotográfia sobre a história do teatro. Na sequência, ao meio dia, Osman e Gustavo Pinto cantaram e recitaram poemas.  Às 18h ocorreu a apresentação da Ave Maria Sertaneja feita por Tony Silva e o Grupo Arte e Violão, na Praça Cícero Dias. Às 18h30, a Companhia Artes sem Limites encenou o espetáculo ‘Viver e Não ter a Vergonha de ser Feliz’, no átrio do Teatro.

Mais tarde, às 20h, começou a apresentação do espetáculo A Fábrica de Arte, com direção de Plínio Sá, seguida de várias apresentações de caráter cultural e informativo com destaque para o número da Bela Trupe e para o show "Desarrumando o Arrumado". 

Entre os homenageados nas comemorações está Gonzaga Chimbinho, importante nome da cultura e da vida mossoroense. “Toda cidade de Mossoró ganha com o Teatro. São 13 anos de  alegria, ensinamentos e mais cultura. Não podemos esquecer de Gonzaga Chimbinho e dos demais artistas que já se foram. Isso faz com que todos nós entendamos que o teatro é a alma do nosso povo”, ressaltou a prefeita Rosalba Ciarlini.


A imponência do teatro no Corredor Cultural de Mossoró (Foto: Divulgação)
Mostrar mais
Mais Blogs
Mais Recomendadas